Equipamentos

Review – Colete de hidratação 10L Kalenji

“Ajuste” parece ser a palavra para definir o colete de hidratação de 10 litros da marca francesa Decathlon que testamos para este review. Bastante leve (285 gramas), o equipamento “gruda” no corpo de uma maneira impressionante, permitindo que o atleta praticamente se esqueça de que está com a peça, seja durante um treino ou numa prova mais longa. A malha é elástica e respirável, um ponto a mais a favor do conforto.

Com uma bolsa de hidratação para 1 litro de água e tendo o já mencionado perfil compacto e leve que acabamos de mostrar, o colete possui, claramente, uma vocação para provas de trail running não muito longas (que pedem mais performance e menos autossuficiência) e mesmo para treinos mais longos e corridas de rua, como maratonas, meias-maratonas e até provas de 10 quilômetros, por exemplo – situações em que pode ser usado para levar itens pequenos, como carteira e chaves.

Como já dissemos, o tecido é bastante elástico, o que permite uma boa agilidade retirada e colocação de equipamentos enquanto o atleta está correndo. No teste, por exemplo, retirei a câmera fotográfica, celular e até um molho de chaves do compartimento menor da frente sem precisar parar de correr.

Apesar de sua vocação para provas que não exigem grande autossuficiência – por conta da limitação da bolsa de hidratação -, o compartimento de bagagens da parte de traz é surpreendentemente amplo, permitindo, por exemplo, colocar dois lanches médios, uma carteira e alguns equipamentos de sobrevivência compactos. Para testar essa característica, participei de uma prova de aventura, o Haka Race, etapa de Brotas com o equipamento. E, mesmo diante do enorme kit obrigatório de uma prova de aventura – que inclui, por exemplo, cobertor de emergência, canivete, isqueiro e purificador de água, o modelo deu conta do recado.

Ajustes frontais

O ajuste frontal é feito por três fechos de ajuste frontal cuja posição, mais alta ou mais baixa, pode ser alterada com bastante facilidade. E, item praticamente obrigatório nesse tipo de equipamento hoje em dia, o modelo conta, também, com um apito de segurança que, no início, tive alguma dificuldade de localizar, mas que está lá.

Na média, portanto, a avaliação do modelo é bastante positiva. Seu principal ponto fraco é o bico do tubo de hidratação, que oferece alguma resistência para sugar a água (ou outro líquido que você puser na bolsa). Durante o Haka Race, tive alguns “desentendimentos” com esse bico para poder sugar a água e assim me hidratar. Esse é um aspecto que, em nossa opinião, a Decathlon pode e deve melhorar em eventuais atualizações do modelo, mas que não compromete a avaliação geral.

Preço

Por fim, o preço: no site da Decathlon, o colete de hidratação sai por R$ 349, bastante competitivo e em linha com a política da marca francesa de oferecer produtos de aventura acessíveis ao grande público.

Como mencionamos, trata-se de um equipamento super compacto e ajustável. E, embora a Decathlon o classifique como destinado ao trail running, pode ser uma ótima pedida para provas de rua ou para o longão de final de semana.

Colete de hidratação 10L Kalenji
Peso: 285 gramas
Capacidade da mochila: 10 litros
Capacidade da bolsa de hidratação: 1L
Preço: 349,99

Disponível em https://www.decathlon.com.br/mochila-de-hidratacao-para-corrida-trail-running-10l-kalenji/p?idsku=32068

Comentários Facebook

Disqus

advmag