Destaques Mercado

BeTheNext: o olheiro virtual de todos os esportes

O BeTheNext é um aplicativo de celular que tem como objetivo ser uma vitrine virtual de atletas, aproximando talentos com empresas que possam ajudá-los a se desenvolver no esporte, além de oferecer serviços premium para ambas as partes.

Conversamos com Felipe Bueno, CEO e fundador da empresa, para conhecer um pouco mais o objetivo e o funcionamento do aplicativo.

Felipe Bueno, CEO e fundador da BeTheNext

Como funciona a plataforma BeTheNext?
A BeTheNext é uma empresa de tecnologia esportiva que trabalha incansavelmente na detecção dos próximos talentos do esporte (daí nosso nome: seja o próximo/be the next). Nossa plataforma atende atletas – sejam eles de base, amadores ou profissionais – dos gêneros masculinos e feminino de mais de 160 modalidades esportivas.

Ao realizar o cadastro na plataforma e publicar fotos e vídeos demonstrando as suas habilidades, esses atletas ficam disponíveis numa grande vitrine virtual esportiva, para que clubes, academias de luta, universidades, patrocinadores e demais agentes esportivos possam garimpar, descobrir e recrutar esses atletas.

Assim, por meio da nossa tecnologia, possibilitamos que todo e qualquer atleta tenha a mesma oportunidade de ser descoberto, independentemente da modalidade, gênero, localidade ou classe social. BeTheNext é sinônimo de democratização no esporte, de diversidade e inclusão, de oportunidade!

Há algum custo para atletas e eventuais patrocinadores? Como é a monetização do negócio?
O aplicativo à gratuito e direcionado para usuários do meio esportivo. Atendemos atletas, clubes esportivos, academias de lutas, universidades, patrocinadores e demais profissionais como: psicólogos do esporte, nutricionistas, técnicos, etc., que também podem divulgar seu trabalho na plataforma.

Para cada categoria de usuário, oferecemos um pacote adicional com serviços Premium, com inúmeros benefícios e vantagens. Por exemplo: caso algum atleta queira se destacar nos critérios de busca de clubes ou universidades, ele pode contratar um serviço Premium para, além de ter mais visibilidade na plataforma, receber um Book Profissional Esportivo, poder publicar mais vídeos e fotos das suas jogadas, ter assessoria empresarial com o Time BeTheNext, entre outras vantagens.

Clubes ao adquirirem o Pacote Premium têm acesso à um módulo de Peneira Online e Gestão de Eventos.

No caso  dos patrocinadores, estes terão acesso aos dados completos dos Atletas, sem restrições, para identificar um potencial talento e eventualmente fechar um contrato de patrocínio.

E o mesmo se aplica para as demais categorias de usuários.

Nossa empresa possui um modelo de negócios diversificado onde a receita provém das assinaturas dos planos Premium, vendas de publicidade, ferramentas de gestão para clubes, além de um fee de sucesso da intermediação de atletas.

Vimos que já há um ultramaratonista que obteve patrocínio por meio da plataforma. Quem é esse ultramaratonista? Tem detalhes da operação, como por exemplo, valores?
Temos alguns ultramaratonistas na plataforma sim, um deles inclusive que é uma grande referência na modalidade. Mas para este caso específico citado, não posso afirmar que ele conseguiu um patrocínio pela plataforma.

Temos cerca de 30 cases em que esse “match” aconteceu, com atletas de futebol, voleibol, jiu-jitsu, etc. Em uma ponta identificamos uma necessidade do atleta, na outra, identificamos a demanda de uma empresa. Basta então intermediarmos o contato e concretizarmos o patrocínio.

Hoje em dia a corrida de aventura e o trail running são dois esportes bastante amadores e praticamente não há atletas que conseguem obter algum tipo de apoio para se dedicar a essas atividades. Como o BeTheNext pode ajudar na captação de recursos nesses esportes?
É justamente nessas modalidades com menor visibilidade, como a corrida de aventura, trail running, entre outras, que a BeTheNext atua com grande diferencial.

Apesar de muitos ainda dizerem o contrário, o Brasil já não é mais o país apenas do futebol ou do voleibol… O Brasil É O PAÍS DE TODOS OS ESPORTES e mostrou isso nos últimos Jogos Pan-americanos, e principalmente nos Parapan-Americanos.

Nossa plataforma auxilia atletas de mais de 160 modalidades, não dando exclusividade apenas aos esportes mais tradicionais. Como solução para esses atletas, realizamos um trabalho de captação de empresas de qualquer porte e oferecemos todos os benefícios que um projeto de patrocínio esportivo agrega para uma marca. Empresas essas que entendem nosso propósito e estão cada vez mais sem empenhando nesta grande missão de encontrar os próximos ídolos do esporte Brasileiro!

Há, em sua opinião, uma facilitação para a obtenção de pequenos patrocínios de forma a, pouco a pouco, viabilizar a profissionalização desses atletas no sentido de que poderão ganhar a vida com o esporte?
Não digo que há uma facilitação, mas esse processo vem se tornando cada vez mais simples. Observamos que as pequenas parcerias têm feito a grande diferença na vida de muitos atletas amadores. Com o “boom” das redes sociais a exposição de uma marca local pode ser realizada em poucos cliques e, assim, uma divulgação compartilhada pode ser uma ótima saída.

A BeTheNext identificou esse nicho e lançou recentemente dentro da plataforma um FEED onde os usuários podem postar conteúdo esportivo e compartilhar suas experiências e histórias em busca de mais oportunidades.

Segundo estudo recente da Rock Content, a segunda geração de redes sociais simboliza uma evolução de como elas são idealizadas e nada melhor do que uma rede social dedicada ao meio esportivo para fazer com que a competição esportiva possa ser elevada à outro patamar, já que o caminho para a captação de recursos financeiros para o esporte no nosso país, infelizmente, ainda é árduo.

Como nasceu o BeTheNext? Já recebeu alguma rodada de investimento?
O conceito da BeTheNext surgiu a partir da minha experiência como atleta. Em 2002 eu tive que abandonar o sonho de me tornar um atleta profissional de voleibol por motivos comuns enfrentados por jovens atletas, mas principalmente, por não ter tido a oportunidade de ser descoberto – mesmo tendo todas as competências e habilidades de um promissor atleta.

Em meados de maio/18 fui à campo para tentar identificar se o mercado havia mudado e se ele demandava de uma solução que facilitasse a comunicação entre atletas e clubes. Assim, após falar com mais de 3mil atletas, técnicos e dirigentes de clubes, pude perceber que competitividade no esporte está cada vez mais acirrada e essa “dor” vivida por mim ainda é latente.

A cada nova geração, o mundo nos presenteia com novos ídolos o que faz crescer a inspiração dos jovens em se tornarem “os próximos”. Em contrapartida, pesquisas recentes indicam que em nosso país o índice de promissores atletas com idade entre 10 e 20 anos que desistem do sonho de se tornar um profissional  pode chegar até 96%. Um dos 3 motivos chaves: a falta de oportunidade de serem vistos, achados ou descobertos.

É com a missão de reverter essa realidade que formamos o time BeTheNext, com uma solução para que outros jovens, promissores talentos, não tenham que desistir como eu fiz.

Nossa Startup ainda não recebeu nenhuma rodada de investimentos, até porque ainda está em fase de Tração, ou seja, é o momento oportuno para analisar os números já obtidos, traçar as metas com objetivo de um crescimento exponencial. Quem sabe muito em breve um investidor que seja apaixonado por esportes e que entenda nosso propósito de ajudar os atletas à terem mais oportunidades, apareça em nosso caminho! (risos)

Neste 1 ano de operação, temos cerca de 1500 downloads do App, mais de 500 atletas ativos e 100 destes sendo Premium, que já foram impactados diretamente pela tecnologia BeTheNext.

Quais os requisitos para se candidatar e ter patrocínio?
É muito simples! Basta baixar o app nas lojas Google Play ou App Store e realizar o cadastro gratuito. Quanto mais completo for o cadastro, mais oportunidades os atletas terão de receber um ‘match’, ou seja, ser notificado pela equipe BeTheNext que tem uma empresa interessada em patrociná-lo, um clube querendo contratá-lo, ou ainda que sabe uma universidade com interesse em conceder uma bolsa de estudos no exterior.

Analisamos caso a caso conforme a categoria do usuário e o pacote contratado por ele dentro do App.