Corrida de Aventura Destaques

Guerreiros Naventura sediou a final do Circuito Brasileiro SPOT de Corrida de Aventura 2019

Sol, calor, travessias, mangue e uma disputa acirrada marcaram a Guerreiros Naventura 2019, corrida de aventura realizada em Passo de Camaragibe, no litoral alagoano. A prova foi válida pela final do CNA (Circuito Nordestino de Aventura), Copa Brasil de Corrida de Aventura e Circuito Brasileiro SPOT de Corrida de Aventura.

Final do dia em Barra do Camaragibe, Alagoas

Além da prova de 150 quilômetros, válido pelos circuitos citados acima, o evento contou com uma prova paralela de 70 quilômetros e o Trekking Noturno com 15 Km (que não é apenas trekking e sim, uma pista de orientação realizada em equipe. Um formato de muito sucesso no Estado).

+ Veja mais: Galeria de fotos da Guerreiros Naventura 2019

A base do evento foi montado no hotel Cambará e o percurso de 150 quilômetros correu praticamente nas proximidades do litoral. Em alguns momentos, como no MTB, os participantes entraram um pouco mais para o continente, mas logo em seguida o mar estava à vista novamente.

Largada com opções de caminho

Com o primeiro posto de controle “nos fundos” do hotel, os participantes tiveram 2 opções de caminho e o grupo se dividiu logo ao passar pelo pórtico. Alguns – que provavelmente não pensaram na estratégia – ficaram em dúvida qual grupo seguir. Mas bastou alguns segundos para escolher um deles e sair correndo atrás.

O calor durante o dia foi compensado por natação e travessias nas seções de trekking. Não que tenha sido uma troca fácil. Cruzar a barra do rio Camaragibe exigiu um pouco mais força para vencer a força do rio enchendo.

Tremiterra, campeã da prova

O quarteto Tremiterra é bastante conhecido no nordeste pelas vitórias conquistadas ao longo do ano. Por não correr muito fora da região, ela não é muito conhecida no restante do país, mas os planos é no ano que vem estar presente em outros Estados.

Eles travaram uma disputa com a BOA ao longo de todo o dia. Na seção de canoagem entraram primeiro na água, mas foram alcançados e ultrapassados pelos brasilienses. Mas na seção final de mountain bike, próximo à chegada, os dois quartetos estavam juntos, mas a BOA decidiu arriscar na busca de um PC e a Tremiterra retomou a liderança, cruzando a linha de chegada em primeiro lugar.

Guerreiros Naventura, uma grande final

A prova alagoana serviu de final de dois grandes circuitos e o trabalho foi grande. “A responsabilidade era enorme, então iniciamos a preparação com bastante antecedência,” disse Marcelo Alvarez, organizador da prova ao lado de Erickson Vasconcelos.

“O grande desafio seria colocar em prática o que estava no papel, e acho que conseguimos. No geral, foi uma soma de fatores positivos que influenciaram no resultado: o local escolhido, as parcerias firmadas, o apoio das entidades locais, o sistema de cronometragem… Enfim, tudo conspirou para que a Guerreiros Naventura 2019 fosse um sucesso.”

Erikson Vasconcelos e Marcelo Alvarez, organizadores da Guerreiros Naventura