Trail Running

Camila Nicolau se prepara para o Redbull Summit Quest 2016, competição que atingirá os 6.178m de altitude

Por Wladimir Togumi
Publicado 24 maio 2016 - 08:04

Atleta Camila Nicolau estará na China em junho para participar do Redbull Summit Quest 2016, uma competição de corrida em alta montanha que atingirá os 6.178 metros de altitude, enfrentando o frio, ventos fortes, nível baixo de oxigênio e grandes nomes do trail run mundial. A prova acontecerá no dia 05 de junho no Monte Yuzhu.

Atleta experiente em diversos esportes de aventura e endurance, Camila aproveitou uma viagem para o Peru para um projeto pessoal de escalada de grandes paredes rochosas e entendeu melhor como seu corpo reagirá na altitude da prova.

Leia abaixo uma pequena entrevista com Camila e no final da página assista ao video de apresentação do evento.

O que é o Redbull Summit Quest? Como é o formato?
O RedBull Summit Quest é um desafio onde 5 atletas, todas mulheres, irão correr 20 quilômetros partindo de 4.300m de altitude, chegando a 6.178m e retornando aos 4.300m. Será a maior altitude para uma competição até hoje e a montanha escolhida chama-se Monte Yuzhu, na China.

Como surgiu o convite para participar?
O convite veio da Associação Chinesa de Montanhismo. Eles são os organizadores da prova e estavam atrás de 5 grandes corredoras para participar. Eu, apesar de não fazer parte desse seleto grupo, demonstrei interesse pelo desafio e assim fui chamada.

Qual está sendo sua rotina de treino para se adaptar?
A corrida tem características bem peculiares e é praticamente impossível ter uma boa preparação apenas com meus treinos diários, o percurso envolverá grande acúmulo de altimetria (1822+), terreno de cascalho e alpino e altitude.

Estou focando bastante em subidas por aqui. Em abril competi a KTR Serra Fina (a prova com maior altimetria acumulada do Brasil) e passei duas semanas no Peru escalando na altitude. Não fui somente focada em treinar para o RedBull Summit Quest. Gui (Guilherme Pahl) e eu temos um grande projeto com escalada de grandes paredes rochosas e a Cordilheira Branca, no Peru, abriga a maior parede do país com quase mil metros de desnível, a Esfinge, e esse foi o principal objetivo da viagem. Fizemos cume da Esfinge a 5.335m e de uma outra montanha nevada, a Ishinca a 5.540m. Isso foi essencial para entender como meu corpo vai se portar lá na China e quais equipamentos irei utilizar.

Confesso que sofri bastante para aclimatar, mas uma vez passando esse primeiro momento (foram 7 dias ruins), tudo fluiu e pude até correr um pouquinho!

Qual a principal dificuldade que está esperando?
Sem dúvida é a altitude. Naturalmente perdemos muito da nossa capacidade respiratória e física a medida que subimos e não teremos muito tempo de aclimatação, portanto essa administração de ritmo durante a competição será fundamental para o sucesso.

E terá tempo para se adaptar na região da prova?
Teremos 7 dias antes da largada e nesse tempo faremos algumas viagens a altitude chegando a 5000m.

Nos eventos da Redbull sempre estão presentes alguns dos melhores do mundo. Qual sua expectativa?
Dessa vez não será diferente. Grandes nomes do trail run mundial estarão lá, como a Steve Kramer (campeã da corrida de montanha do Rockyman em 2013 e 2014). Me senti muito honrada em ter sido chamada para o evento, mas meu objetivo é completar o percurso e "experienciar" momentos únicos num lugar incrível! Após essa prova o Gui vai me encontrar lá e teremos uma outra competição de estágios em equipe, então tenho que estar 100% para não decepcionar meus parceiros!

Por Wladimir Togumi
24 maio 2016 - 08:04 | geral | Trail Running
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente