XTERRA Pan American Tour reúne as principais etapas da América do Sul, América Central, América do Norte e do Caribe

Por Redação - 14 Dez 2015 - 15h55
Multisport

O primeiro ano do XTERRA Pan American Tour está aberto para atletas amadores e profissionais. Começa dia 20 de março no XTERRA Costa Rica e finaliza com a grande etapa em Ogden, Utah, nos Estados Unidos, dia 17 de setembro. Além destas, para completar as 10 etapas do campeonato, mais duas provas nos EUA e no Canadá, e uma no Brasil, Argentina, México e República Dominicana.

"Nós estamos em evolução", explica o diretor geral do XTERRA World Tour, Dave Nicholas. "Embora nossas raízes estejam aqui nos EUA, nosso esporte é internacional. Criando o circuito Pan-Americano, alinhamos nossos eventos nas Américas a nossa estrutura na Europa e região Ásia-Pacífico, e fornecemos uma plataforma para as nossas competições no Canadá, América Latina e América do Sul para serem parte de uma série de eventos regionais competitivos".

XTERRA PAN AM TOUR 2016
20 de março - XTERRA Costa Rica (Playa Reserva Conchal) * PRATA
26 de março - XTERRA Argentina (Dique Ullum, San Juan) * OURO
7 de maio - XTERRA Brasil (Ilhabela, São Paulo) * PRATA
21 de maio - XTERRA Oak Mountain (Pelham, AL, EUA) * OURO
25 de junho - XTERRA Mina Over Matter (Milton, ON, CAN) * PRATA
10 de julho - XTERRA Victoria (aC, CAN) * PRATA
16 de julho - XTERRA Beaver Creek (Avon, CO, EUA) * OURO
31 de julho - XTERRA República Dominicana (Barahona) * OURO
06 de agosto - XTERRA México (Tapalpa) * OURO
17 de setembro - XTERRA Pan American Championship (Ogden, UT, EUA)

As regras - O XTERRA Pan American Championship contará com eventos de nível ouro e prata, assim como o XTERRA European Tour. Os eventos ouro premiam com 100 pontos e os prata, com 75 pontos. Atletas profissionais e amadores competindo no XTERRA Pan American Tour contam seus melhores resultados (dois Ouros e dois Pratas) nas nove primeiras etapas, mais os pontos que tiverem, ou não, na prova do XTERRA Pan American Championship, em Utah, que terá uma base de 100 pontos. Para o ranking final, o atleta terá cinco pontuações para seu resultado no campeonato.

PONTOS OURO: Base de 100 Pontos
1= 100, 2= 90, 3= 82, 4= 75, 5= 69, 6= 63. 7= 58, 8= 53, 9= 49, 10= 45, 11= 41, 12= 37, 13= 34, 14= 31, 15= 28

PONTOS PRATA: Base de 75 Pontos
1= 75, 2= 67, 3= 61, 4= 56, 5= 51, 6= 47, 7= 43, 8= 39, 9= 36, 10= 33, 11= 30, 12= 27, 13= 25, 14= 23, 15= 21

Eventos ouro oferecem o equivalente a US$ 15.000 dólares em dinheiro para os primeiros colocados da elite masculina e feminina, mais 50 vagas para o XTERRA World Championship, no Hawaii, para os amadores.

Eventos prata oferecem o equivalente a US$ 7.500 dólares em dinheiro para os primeiros colocados da elite masculina e feminina, além de 25 vagas para o mundial no Hawaii, para amadores. A exceção é o XTERRA Brazil, que oferece 50 vagas para Maui, na etapa mundial, em Ilhabela.

A final do campeonato Pan Americano acontece em Utah, Estados Unidos, e vai oferecer US$ 20.000 dólares em dinheiro. Em Ogden, também serão premiados, com um adicional de US$ 60.000 dólares em dinheiro, os 10 melhores homens e mulheres no ranking Pro Series do XTERRA Pan American Championship.

"Esse campeonato vai motivar alguns dos profissionais que não estão muito ativos e também abrir um novo horizonte para alguns outros atletas profissionais para serem mais competitivos, especialmente no México, Canadá, América Central e do Sul", disse o Campeão mundial do XTERRA, Josiah Middaugh.

Os atletas podem competir em quantos eventos quiserem, mas apenas os seus dois melhores "OURO" contarão com a pontuação máxima de 100 pontos. Caso participe de 3 provas OURO ou mais, os demais resultados contarão com o máximo de 75 pontos.

Exemplo: Um atleta termina em primeiro no XTERRA Argentina, terceiro no XTERRA Brazil, quinto no XTERRA Oak Mountain, segundo no XTERRA México e sexto no Campeonato XTERRA Pan-Americano. Esse atleta vai contar suas duas melhores pontuações OURO, Argentina e México = 100 e 90. Sua pontuação na etapa ouro de Oak Mountain será convertida para prata, com 51 pontos. O atleta recebe ainda 61 pontos para o Brasil e 63 para o Campeonato Pan Americano, em Ogden. Total: 365 pontos.

Atletas amadores precisam correr, pelo menos, duas etapas principais do XTERRA Pan American Tour listados na tabela acima para poderem participar da etapa final da temporada, em Utah, concorrendo ao campeonato Pan-Americano.

Qualquer atleta poderá competir na última etapa em Golden sem que haja nenhuma qualificação ou seletiva anterior necessária, mas se ele não fizer as provas anteriores do Pan American Tour e não se enquadrar nas regras do ranking, não pontuará para o campeonato Pan-Americano.

O XTERRA Pan American Championship não substitui o XTERRA America Tour para atletas amadores, vai apenas completa-la. A etapa em Ogden vale também como o XTERRA USA Championship, valendo títulos nacionais aos melhores em cada categoria.

"O Pan Americano é uma grande oportunidade para os atletas profissionais e amadores em conquistar um título dos mais valiosos para a carreira. Ser o melhor do cross triathlon das Américas é uma chancela que poucos podem se orgulhar em ter. Uma competição assim mostra realmente quem são os verdadeiros guerreiros", comenta Bernardo Fonseca, CEO do XTERRA Brazil Tour.

Serviço
XTERRA Costa Rica 2016
20.03.2016
Reserva Conchal (Guanacaste)
www.costaricaxterra.com
Redação
Por Redação
14 Dez 2015 - 15h55 | geral | Multisport
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente