Foto: SolaRoad Netherlands

Holanda testa primeira ciclovia conversora de energia solar

Por Redação - 02 Dez 2014 - 14h19

A empresa holandesa TNO está testando a implantação de placas conversoras de energia solar em ruas e estradas, buscando utilizar espaços livres já existentes e que podem oferecer mais uma opção de instalação além dos telhados de casas e edifícios.

O primeiro teste prático está sendo feito em um trecho de 100 metros de uma ciclovia. Cada módulo de concreto mede 2,5 x 3,5 metros e é coberto com uma primeira camada de vidro temperado com 1 cm de espessura. Um dos grandes desafios é encontrar o material certo a ser aplicado acima dessa camada de vidro, que deve garantir ao mesmo tempo aderência (principalmente quando molhado), transparência para a captação dos raios solares e resistência a grandes pesos e impactos.

Pista de teste tem 100 metros de extensão

A implantação das placas foi feita em apenas um das faixas da ciclovia para ajudar nas pesquisas práticas que serão feitas por 3 anos. O objetivo futuro é utilizar a energia gerada para suprir qualquer necessidade como iluminação pública, semáforos, carros elétricos e até mesmo residências. Baseado nos teste em laboratório, a estimativa é que seja produzido entre 50-70 quilowatt/hora por metro quadrado ao ano. Uma típica casa holandesa exigiria aproximadamente 50 metros quadrados de estrada.

A tecnologia ainda é cara - o trecho da ciclovia custou US$ 3,75 milhões - mas com o desenvolvimento do produto, a expectativa é que o valor caia bastante. E com a geração de energia, o produto se paga aos poucos.

Fotos: SolaRoad Netherlands

Objetivo é aproveitar a grande quantidade de estradas

Cada módulo de concreto mede 2,5 x 3,5 metros e é coberto com uma primeira camada de vidro temperado com 1 cm de espessura

Redação
Por Redação
02 Dez 2014 - 14h19 | geral |
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente