Warning: getimagesize(https://www.adventuremag.com.br/calendario/upload/images/noticias/ACE14_STG4_GB-689.jpg): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/adventur/public_html/noticias/news.php on line 62

Melhores momentos do Estágio 4 do Absa Cape Epic 2014

Por redação - 28 Mar 2014 - 11h04

Mais um dia dramático no Absa Cape Epic 2014. O estágio 4 foi marcado pela desistência do tetra-campeão Karl Platt e da segunda colocada nas duplas mistas Cherise Stander. A equipe de Platt, Team Bull, completou todas as 10 edições anteriores do Cape Epic, mas ele não teve outra opção a não ser desistir depois de uma lesão no joelho sofrida no estágio 2. Stander, que fazia dupla com Teho Blugnaut na Team RECM, teve que abandonar por problemas respiratórios.

Platt sofreu uma grande queda em um downhill, mas ele ficou mais desorientado do que sentia a dor no joelho. "Eu sentia muita dor, mas acho que a adrenalina anestesiou grande parte dela pelo restante do estágio. Ontem (estágio 3) por volta dos 65Km sentia como se alguém enfiasse uma faca no meu joelho", disse. Platt teve que diminuir a velocidade e tentou encontrar uma posição na bicicleta que diminuisse a dor. "Após cruzar o rio não podia pedalar mais. No quilômetro 82 eu achei que era o fim, mas de alguma maneira conseguimos ir até a chegada. Essa manhã eu ainda sentia dor, mas achei que conseguiria continuar. Só queria completar a prova como nunca. Mas na primeira subida eu sabia que teria problemas. No quilômetro 7 eu disse ao Urs que não conseguiria seguir. Não podia pedalar. Eu posso andar, falar e sorrir, mas não pedalar. Completei um Cape Epic com o ombro deslocado. Rodei oito estágios com o ombro deslocado, mas se você não puder pedalar... está acabado. Não digo que foi uma decisão dificil, porque não tinha opção. Estou muito desapontado porque estava em minha melhor forma. Apesar disso, voltarei. Só queria agradecer por todo o apoio. O Twitter está uma loucura!"


© Sam Clark/Cape Epic/SPORTZPICS

Em relação ao percurso, o Estágio 4 foi o tipo que faz o coração do mountain biker bater mais forte - devido à abundância de sigle tracks. O estágio foi uma montanha russa constante com estradas de terra, single tracks sinuosos e com pedras, assim como algumas estradas para que os atletas pudessem girar as pernas. Um destaque histórico do dia foi a visita à pequena cidade de Genadendal, a primeira estação missioneira no sul da África.

O Estágio 5 será a coroa da prova - indiscutivelmente o mais difícil deste ano, com a maior quantidade de subida. Os participantes deverão conservar energia nos primeiros 50 Km onde o trecho de Serengeti servirá de aquecimento para seu irmão mais velho Rusty Gate, o ponto mais alto da corrida este ano. Serão implacáveis 5 Km de subida com inclinação média de 10%. No total o estágio terá 110 Km e 2.900m de ascensão.

Veja os melhores momentos do estágio 4:

Serviço
Cape Epic 2014
23.03.2014
Meerendal Wine, África do Sul ()
www.cape-epic.com
redação
Por redação
28 Mar 2014 - 11h04 | geral |
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente