Trail Run Treinamento

Como os Skyrunners treinam fora da temporada?

Por Adventuremag em 13 janeiro 2020
mm

De abril a outubro, estamos acostumados a ver a elite de skyrunners subindo e descendo montanhas em todo o mundo. Mas você já imaginou o que eles fazem fora da temporada? Conversamos com Sheila Avilés, Jonathan Albon, Johana Åström, Holly Page e Hillary Gerard para saber como esses atletas profissionais mantém seu nivel de preparo durante o inverno e o que os mantém motivados quando não estão se preparando para uma etapa do Skyrunner World Series.

Você faz um “pausa de inverno”?

Sheila Avilés: Sim, eu faço uma pausa no inverno de 10-15 dias sem treinar muito e o resto do mês eu treino um pouco. Eu treino apenas o que quero e sem planejar. Eu preciso de um ‘reset’ físico e mental.

Johanna Åström: Durante o inverno eu treino e faço competições de esqui de montanha, portanto não faço uma longa pausa de inverno. Contudo, eu faço uma pausa de treino intenso em novembro.

Jonathan Albon: Sim. Depois da minha última corrida do ano eu normalmente tiro duas semanas para não fazer absolutamente nada. Isso dá uma pausa para meu corpo/mente e me lembrar o porquê eu gosto de fazer exercícios. Eu normalmente fico doente nessas duas semanas pporque meu corpo finalmente percebe que pode relaxar. Eu também tirei meu dente de siso no ano passado durante essa pausa, portanto fiquei muito contente em não treinar. O período de treino no inverno é quando eu faço a maior quantidade de horas de treino e a menor quantidade de provas no ano inteiro. Consiste basicamente de esqui para maximizar o número de horas que consigo treinar com baixa impacto e é um bom contraste com as corridas de verão. Em fevereiro próximo tenho que começar a preparar meus músculos para correr, saindo de 5 Km até por volta de 100 Km até o início das competições.

Holly Page: Não é realmente uma pausa. Eu vejo isso como uma oportunidade de viajar mais, por isso faço algumas corridas como justificativa de ir explorar lugares incríveis.

Hillary Gerardi: Sim, com certeza. Em parte porque me machuquei, mas também porque sempre faço uma pausa no final da temporada. Agora estou começando a correr novamente após Limone. Eu acho que é realmente importante fazer uma pausa no inverno, porque isso permite que seu corpo se cure e sua mente descanse e fazer uma pausa para mim é realmente importante para permitir que você recupere a motivação e aguarde a próxima temporada.

Como é sua programação de treino semanal fora da temporada?

Sheila Avilés

Sheila: Eu só saio 3 ou 4 vezes por semana para as montanhas, para correr de leve ou ir à academia. Durante esse período, são poucas as horas de treinamento durante a semana em comparação à pré-temporada e sem fadiga.

Johanna: Meu treinamento durante o inverno consiste principalmente em esquiar. Eu corro duas a três vezes por semana e faço muito treino de força também.

Jon: Depende onde eu estou e como está o clima, mas ano passado fiz muitas horas de esqui cross country ou ski touring. Minha quantidade de subida semanal variou de 12.000 a 15.000m. Além disso, eu faço escalada ou bolder talvez duas vezes por semana e uma sessão de força para as pernas.

Holly: não tenho uma programação de treino, apenas me adapto dependendo de onde estou. Eu nunca passo mais do que alguns dias no mesmo local, por isso é difícil seguir um planejamento específico.

Hillary: Basicamente, a maneira como eu trabalho é com blocos de atividades de três semanas, então pode ser V02 max ou potência máxima ou ganho de distância ou vertical ou algo parecido. O que eu faço não é muito diferente da minha programação semanal durante a temporada, exceto que eu posso começar mais leve e depois aumentar e depois fazer blocos realmente cansativos que eu não faria no meio da temporada porque ficaria muito cansada. Alguns dias de treinos de alta qualidade e talvez intervalados e coisas assim e outros dias focado em resistência, e eu também adiciono a isso algum treino de força e trabalho com um fisioterapeuta nos tornozelos, esse é o meu novo plano de qualquer maneira, trabalhando nesses tornozelos! E vai ter muito esqui, correr, andar de bicicleta e também escalar.

Hillary Gerardi

Há algum esporte / exercício que ajude a manter seu desempenho na skyrunning?

Sheila: Não há nada específico em si, mas agora no inverno, quando a pré-temporada começar, farei mais sessões de alta intensidade e algumas de velocidade para melhorar a forma como treino as zonas de treinamento mais forte. Eu acho que esse tipo de treino cria uma base sólida para começar a temporada skyrunning de verão.

Johanna: Eu faço competições de esqui de montanha. Eu acho que complementa minha corrida, pois cria boa força e resistência nas pernas.

Jon: Eu acho que ski touring é o esporte mais útil para treinar diretamente para skyrunning. Você fortalece com baixo impacto e chance relativamente baixa de lesões por esforço repetitivo. Touring também é incrivelmente divertido e faz com que muitos metros verticais pareçam fáceis, portanto você está sempre animado para treinar mais.

Holly: Provavelmente, não ter pausa ou fazer um treinamento adequado prejudica meu desempenho, mas melhora vida e eu não gostaria de outra maneira … a meu ver, a vida é muito curta para ir à academia e fazer exercícios de fortalecimento das pernas todos os dias.

Hillary: Como o skyrunning não é apenas correr, obviamente a correr é realmente importante, mas também requer habilidades técnicas e outras áreas de habilidade na parte superior do corpo entre outras coisas. O período entre temporadas é realmente um bom momento para afinar essas habilidades, portanto para mim,eu geralmente faço escalada e escalada alpina. Isso me leva a terrenos mais técnicos e me sinto muito confortável nesses locais e isso é algo que faço muito entre as temporadas.

Jonathan Albon

Qual é a principal diferença em seu treino agora em comparação com a feita durante a temporada?

Sheila: As sessões agora são um pouco mais curtas e se tornam mais intensas na pré-temporada. A principal diferença é que, durante a temporada, tudo é planejado e cria muito estresse físico e mental, o nível de demanda é maior. Agora eu apenas me divirto.

Johanna: A maior diferença no inverno é o volume. Esquiar tem menos impacto no corpo, o que significa que posso treinar por mais horas.

Jon: No inverno, faço treinos no estilo aventura, mais longos e mais lentos. Durante a temporada, tenho sessões de corrida mais curtas e mais exigente.

Holly: Bem, agora não estou fazendo nenhum treino, pois estou prevenindo meu pé de fraturar, mas normalmente eu procuraria fazer muito “treino de base” durante o inverno para ficar forte o suficiente para lidar com muitos corridas que gosto de fazer no verão.

Hillary: Entre as temporadas, não estou realmente preocupada em não me cansar muito antes de sair para uma corrida, para que eu possa estar fazer mais volume fora de temporada e também praticar muito mais outros esportes.

Como você se mantém motivado durante o período em que não está competindo?

Sheila: Gosto muito de treinar, estou sempre motivada quando posso me exercitar, principalmente agora porque às vezes durante a temporada tenho que descansar ou não posso treinar tanto durante as competições. Não gosto das semanas de competição porque mal posso trotar ou andar de bicicleta!

Johanna: O que eu mais gosto no treino de inverno é dar um tempo na corrida. Isso porque me faz ficar ainda mais ansiosa para correr quando a primavera chegar. Fazer essa pausa me deixa mais motivada do que nunca.

Jon: Esquiar é muito divertido, então a motivação não é problema. É muito mais fácil acordar às 4 da manhã, quando as previsões do tempo são melhores para esquiar do que sair para correr.

Holly: não sinto falta de nada porque não paro. Mas, na verdade, com toda a seriedade, é bom fazer alguns eventos sem pressão dos quais eu possa desfrutar sem sentir que preciso ir 100%.

Hillary: Eu fico motivada sonhando com projetos e a próxima temporada e também mudando e fazendo coisas como esqui e ciclismo indoor e também coisas como corrida e escalada e esqui nórdico e apenas fazendo muitas atividades para ajudar as coisas a ficarem interessantes.

Holly Page

O que você gosta no período entre temporadas e o que sente falta?

Sheila: São fases. Agora na pré-temporada, gosto que me permita praticar outros tipos de esportes que normalmente não faço na temporada porque o trabalho é muito mais específico. Portanto, aproveitarei a oportunidade para fazer mountain bike, escalar, caminhar nas montanhas, esquiar…

Jon: Durante esse período, eu gosto de relaxar e simplesmente treinar, porque eu amo estar fora de casa. O que mais sinto falta nas corridas é testar minha aptidão contra os outros.

Hillary: Uma das coisas que eu gosto na entre temporadas não é me preocupar em ficar cansada ou ficar muito focada em um único objetivo, para que eu possa ser um pouco mais espontânea e dizer “Ah, você vai esquiar amanhã? Vou esquiar com você.”, Em vez de “Ah, eu realmente tenho que fazer esse treino ou preciso fazer isso.” Então eu gosto de ter esse tipo de variedade. No entanto, o que é legal sobre as corridas que eu sinto falta é que ela permite que você se esforce mais do que você faria de outra maneira e fornece objetivos realmente fortes e claros para os quais você está trabalhando, enquanto que nos cinco meses você não tem objetivos realmente claros.

Quando começará os treinos para a temporada de skyrunning 2020 e o que inclui nos seus treinos?

Sheila: Agora em janeiro é quando começo a treinar para meus objetivos de 2020. Ainda não escolhi nenhuma corrida, estou esperando o meu treinador Andrés terminar de especificar o que vamos fazer na próxima temporada.

Johanna: Eu tento correr um pouco durante o inverno, apenas algumas vezes por semana. À medida que a primavera se aproxima, começo a aumentar lentamente a distância e a duração das minhas corridas. É importante não aumentar muito rápido, pois o corpo não está acostumado a correr nessa época do ano.

Jon: Tudo o que faço desde o momento em que paro de competir até quando começo de novo deve ajudar de alguma forma. Mesmo o período de duas semanas de descanso deve me ajudar a voltar sem lesões e pronto para começar. Normalmente, duas semanas antes de uma corrida, tento correr em terreno semelhante e começo a pensar mais especificamente sobre o desafio que está por vir.

Holly: “Plano de treino pré-temporada”?… Haha. Estou ansiosa para que meu pé esteja melhor e possa correr novamente e fazer algumas sessões, pois só consegui caminhar e fazer alguns trotes desde outubro. Então eu vou poder sair e fazer força novamente!

Hillary: Basicamente, comecei a treinar novamente, tanto para a temporada 2020 Skyrunner World Series quanto para outros objetivos. Eu tenho alguns objetivos no esqui este ano e outros de escalada, então meu treino será focado nesses objetivos começando em março e abril e depois correr será o próximo passo, mas uma coisa de cada vez.


Publicado originalmente no site da Skyrunner World Series