Trail Run

A campeã do 1º Campeonato Gaúcho de Trail Running – Categoria Ultra

As aventureiras da Maria’s da Trilha conversaram com a atual campeã do 1º Campeonato Gaúcho de Trail Running – categoria Ultra e com a devida autorização, estamos reproduzindo o bate papo aqui no Adventuremag.

Entre no site – www.mariasdatrilha.com.br – e curta o perfil nas redes sociais – @mariasdatrilha – e acompanhe esse projeto de divulgação da trajetória feminina no trail run.


Casada com o Marcelo, mãe da Valentina e do Pet Snow, a fisioterapeura Dalila Danelli Ticiani vem se destacando no cenário Rio Grandense, pela sua força e performance. Natural de Bento Gonçalves-RS, tem um terreno propício para estimular o sobe e desce das montanhas.

Ela focou, treinou e foi consagrada no sábado passado (05/10/19) a 1ª campeã da maior conquista do trail running gaúcho, o nosso Campeonato reconhecido pela Federação de Atletismo do Rio Grande do Sul.

Vamos embarcar com ela e prestigiarmos esta atleta que está fazendo história.

Como conheceu o trail run?
Através dos amigos Clécio Rasador e Sirlesio Carboni para fazer o circuito Trilhas e Montanhas. Estava chovendo e fiz a prova toda com muito barro. Foi a primeira vez que subi no pódio geral. Me apaixonei.

O que motivou você a iniciar no trail run?
A oportunidade que tive de participar da BTR ( Bento Traill Runners) e conviver com pessoas apaixonadas por trilhas.

Qual foi a sua primeira prova?
A primeira prova onde entendi o que é trail foi a Patagonia Run, 42 km.

Qual foi a sua percepção ao realizar a primeira prova trail?
Uma sensação de liberdade, felicidade e vontade de fazer isso de novo.

Você faz parte de alguma assessoria esportiva? Qual?
Faço parte do grupo de corrida BTR, sendo que este não é um grupo de assessoria. Tenho um treinador particular.

Como são seus treinos?
Divido meus treinos entre reforço muscular, planilhas e pilates. Faço isso sempre, mas quando tenho provas alvo, intensifico um pouco mais a planilha, dependendo a característica de cada prova.

Como concilia as tarefas do dia-a-dia, os treinos e as competições?
Isso é uma tarefa exaustiva, que exige organização do tempo e muita determinação. Me divido em trabalhar como fisioterapeuta, ser mãe e esposa. Também tenho o privilégio de ter pessoas que apoiam e ajudam na organização do dia a dia. Amigos e família e meu companheiro nessa trajetória, meu marido.

O que você pensa a respeito do acompanhamento nutricional para os treinos e competições de trail run?
Não vejo a possibilidade de fazer uma ultra maratona a nível de competição sem acompanhamento nutricional, acho essencial.

Como é a sua alimentação pré, durante e pós prova?
Não sigo dietas restritivas, faço uma alimentação equilibrada e orientada pela minha nutricionista esportiva. Uso pouco suplemento, dou ênfase a comida. Dez dias antes das provas, procuro diminuir doces e não consumir álcool e aumento a ingestão de água. Durante a prova uso gél, água de côco, gatorade, palitinhos salgados e gomas. Pós prova, frutas vermelhas, uma coca-cola bem gelada e uma refeição com carne, massa e um bom vinho (outra paixão).

Quais provas te marcaram mais?
UTMB (OCC) 56km. Sensacional.

Qual será seu maior desafio em 2020?
Pretendo fazer a Lavaredo Ultra trail em Cortina d`Ampezzo e tentar o sorteio da UTMB (CCC) 100 km.

Como você vê o momento do trail run no Brasil?
Em crescimento no país, e principalmente em nosso estado. Tem conquistado muitos adeptos que gostam de conciliar corrida e natureza.

Na sua opinião, o que o 1º Campeonato Gaúcho de Trail Running representou para o Estado?
Oportunidade incrível de alavancar o trail running, buscando melhorar a organização das provas e elevar o nível dos atletas participantes.

Qual prova você indicaria para uma Maria?
Patagonia Run e sem dúvida nenhuma, UTMB. No Brasil, as etapas do Campeonato Gaúcho.

Qual seu maior sonho dentro do trail?
Ainda pretendo aumentar a minha quilometragem e me desafiar nos 100km.

Na sua percepção, ser trail runner é…
Superar-se a cada treino.

Por que você indica o trail run como prática esportiva?
É um esporte que concilia corrida em lugares incríveis, natureza e nos proporciona fazer novos amigos.

Obrigada Dalila, torcemos muito pelo teu sucesso, que tua disciplina, teu foco e tua força seja multiplicada, para que alcances todos os teus objetivos. As Maria´s da Trilha vibram a cada conquista de uma mulher trail running.