Trail Run

BreathTaking XTreme África do Sul: uma prova literalmente de tirar o fôlego!

Corredores de UltraMaratonas, sempre estão em busca de corridas que os levem a lugares diferentes, aumentem suas forças e novos desafios que vão além das experiências passadas nas corridas anteriores.

256 km durante cinco dias é certamente isso, mas além disso, deve haver algo na prova que a faça se destacar das demais, certo?

Foto: Fabio Andrade / SportArt

Bem-vindo ao BreathTaking  XTreme, realizada em abril de 2019 o evento é uma corrida a pé de cinco dias nos confins do Entabeni Park, “Place of the Mountain”, uma reserva de conservação de rinocerontes e um safári Big 5 (os cinco principais animais selvagens africanos – Leão, Elefante, Elefante, Hipopótamo e Rinoceronte).  Localizado no coração do Bush Africano, está localizado a apenas 3 horas ao norte de Johannesburgo.

Ao amanhecer as temperaturas giram e torno dos 15 graus, porém ao longo do dia o calor vai predominando, atingindo entre os 30 graus com dias ensolarados.

Foto: Fabio Andrade / SportArt

Nada se compara a passar correndo ao lado de uma girafa, escutar o som das zebras, gnus e impalas, ou ter que pular para dentro de um dos carros dos rangers, guardas florestais que acompanham a prova, para ver com segurança um par de rinocerontes ou elefantes. E ao mesmo tempo, buscar superar os seus limites. 

Correr próximo aos Big Five

Mas interessante, para não dizer “terrível”, foi ouvir os rugidos dos leões durante a noite do segundo dia no acampamento. Estavam à curta distância de umas centenas de metros, mas todos estavam sempre protegidos pelos rangers.

Essas são algumas das maravilhas que tornam o BreathTaking  XTreme difícil de se igualar.

Foto: Fabio Andrade / SportArt
Foto: Fabio Andrade / SportArt

Não se engane, essa corrida não é para os que sentem medo ou os mal treinados.  A quilometragem diária e o terreno variável, com um tempo de corte ao anoitecer, garantem que você se esforce diariamente. A corrida tem como foco a longa distância, mas recompensa com pequenos prazeres ao longo do caminho.

Todos os aspectos da corrida em trilha são incorporados na estrada de terra, na grama, nas pedras, areia,  locais rochosos, sem falar em subidas íngremes para alcançar o topo de algumas montanhas e contemplar vistas magnificas.

Foto: Fabio Andrade / SportArt

O terreno às vezes pode ser brutal, mas acalmado por uma brisa suave e chamadas de vida selvagem.  Todo corredor faz sua própria prova e pode deixar a corrida em qualquer ponto de controle e se juntar a um ranger em um jipe, para recomeçar no dia seguinte.  Isso lhe dará um certificado de quilometragem no final da corrida.

Proteção pelos Rangers na prova toda

Em nenhum momento você se sente vulnerável com os animais selvagens presentes na área, confiando que os rangers monitoram todos os animais perigosos e seguem os corredores de perto, da mesma maneira que fazer com os rinocerontes que eles se esforçam para proteger.

Eles estão ali, no mesmo nível da corrida, apoiando o staff, os corredores e fornecendo todo apoio de bebidas e alimentos conforme a necessidade de todos os envolvidos.

Foto: Fabio Andrade / SportArt

A paixão desenfreada deles pelos rinocerontes e todas as outras criaturas vivas, é similarmente aplicada ao desejo de ver você terminar, e fazem de tudo para mantê-lo correndo, ainda que esteja perto de seus limites.  Os diretores da prova e toda equipe de staffs não são diferentes, cuidando do bem estar de todos, do inicio ao fim.

UBUNTU

O BreathTaking XTreme é a personificação do “UBUNTU – Eu sou porque somos”.  Durante sua estadia e toda a corrida, você é testemunha de atos aleatórios de bondade. Os jantares de bufê, os cafés da manhã, os cantos e as danças na sua chegada e em diversos momentos, são feitos com tanto orgulho e amor, provenientes da própria essência do UBUNTU.

Foto: Fabio Andrade / SportArt

Mas por trás dessa incrível corrida está a verdadeira UBUNTU – a proteção dos Rinocerontes.  Uma parte de sua inscrição na corrida é doada para continuar o trabalho vital do Orfanato dos Rinocerontes, que resgata e cria jovens animais abandonados, eventualmente relançando-os ao parque.

O perigo da caça furtiva está em curso, e os funcionários e rangers trabalham incansavelmente para proteger e cuidar dessa espécie em extinção.

BreathTaking Xtreme primeira edição

Nessa primeira edição, com participação de 30 corredores, homens e mulheres de países como Alemanha, Itália , França, Bélgica, China, EUA, Kenya e da própria África do Sul, quase todos os corredores completaram a prova, e mesmo os que não a fizeram por completo, puderam participar até o fim.

Foto: Fabio Andrade / SportArt

Ao final da corrida, um maravilhoso jantar de premiação, com a presença de todos os envolvidos, com cantos africanos, músicos e dançarinos locais.   No dia seguinte ao fim da corrida, ainda há opção de se fazer um safári para reviver de dentro dos jipes, os animais e paisagens contemplados durante toda a prova.

Foto: Fabio Andrade / SportArt

Tudo isso certamente são razões suficientes para participar dessa grande jornada. Anote em sua agenda – agosto de2020!

Mais informações: www.breathtakingxtreme.com

Comentários Facebook

Disqus

advmag