[ Relato ] Equipe AMS Esporte de Aventura na segunda etapa do Campeonato Gaúcho de 2016

Por Redação - 10 Mar 2016 - 16h12
Corrida de Aventura

Por: Miguel Rampazzo

No último final de semana a equipe AMS Esportes de Aventura participou da segunda etapa do circuito gaúcho de corrida de aventura. Depois de 10 anos, a caravana da corrida de aventura voltava a cidade de Caxias do Sul, no distrito de Santa Lucia de Piaí. Ao chegar na região já percebemos que a prova ia ser extremamente dura fisicamente devido ao seu relevo muito montanhoso. As equipes foram muito bem recepcionadas no Seminário Nossa Senhora da Divina Providência, local sede da prova.

No domingo pela manhã, às 5h30 foram entregues os mapas para as equipes da região. Ali foi confirmado o quanto difícil seria essa prova. A largada foi em trekking e os atletas da equipe AMS Esportes de Aventura saíram muito forte, muito por esse trecho ser em declive. Mal tinhamos tempo para respirar e ao final dessa primeira parte fomos para um leito de rio para fazer uma etapa de canioning, modalidade que se caracteriza por percorrer pelo leito do rio, normalmente muito pedregoso e sem possibilidade de seguir por suas margens.

AMS, vencedora da segunda etapa do Campeonato Gaucho de Corrida de Aventura 2016

Nessa etapa algumas equipes acabaram cometendo um erro de navegação e passaram a entrada do rio que teria que ser percorrido. Seguimos pelo caminho certo e acabamos essa etapa na quarta colocação cerca de 20 minutos atrás da primeira colocada.

Dispostos a alcançar a primeira colocada, não perdemos tempo na transição para a próxima modalidade, que seria o mountain bike, e seguimos firme nesse trecho de cerca de 20km e ao final, na próxima área de transição, onde voltavamos do trekking, já estávamos em terceiro lugar.

Vendo que a diferença para a primeira colocada diminuiu, esse trecho de 7km mais ou menos planos foram feitos mais uma vez com o coração na boca. No meio do caminho já estávamos na segunda colocação ao ultrapassar a lendária equipe CAVERÁ de Caxias do Sul e ao chegar na próxima área de transição, onde começaria a modalidade de bóia cross (modalidade que usa-se câmeras de caminhão para flutuar e navegar por um rio com correnteza ou águas mais calmas) a AMS já estava empatada com a equipe PAPAVENTURAS que até então liderava a prova.

No bóia cross as equipes achavam que poderiam relaxar um pouco depois de muito esforço e estarem preparadas para a última etapa da prova, onde em 13km de mountain bike teriam a elevação de altimetria de cerca de 1000m, mas logo no início percebeu-se que essa modalidade poderia ser muito mais dificil que o desejado. Com o nível do rio muito baixo e pouca correnteza, os atletas tiveram muito trabalho para percorrer os 6,5km num tempo de aproximadamente duas horas. A AMS conseguiu ultrapassar a PAPAVENTURAS e abriu uma pequena vantagem para entrar no último trecho da competição.

Após uma transição relâmpago, não perdemos tempo e começamos o último trecho da prova em ritmo muito forte, não queríamos perder a pequena vantagem conquistado no bóia cross. Logo no inicio havia a primeira grande subida que com muita concentração, garra e esforço realizamos muito bem, não dando chances para os adversários nos ultrapassarem até o final.

Assim, 10 horas e meia depois da largada, a equipe AMS Esportes de Aventura, composta pelos atletas Benito Brocca, Juliana Bischoff, Marciel "Catarina" Soares e Miguel Sosnowski Rampazzo, se sagrava campeã da segunda etapa do circuito gaúcho de corrida de aventura, assim entrando na briga pelo título gaúcho que será decidido em mais três etapas.

www.facebook.com/AMS-Esportes-de-Aventura-334379766686421

Redação
Por Redação
10 Mar 2016 - 16h12 | sul | Corrida de Aventura
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente