Anna Frost parte para novas aventuras após 9 anos na equipe Salomon

Por redação - 18 Jan 2018 - 09h49
Trail Running

Anna Frost, uma das grandes referências no trail running mundial, deixa a equipe Salomon após 9 anos e parte para novos projetos pessoais. Em uma publicação no site da marca, Greg Vollet, manager da equipe, deixa um belo tributo para a atleta neozelandesa.

No texto, Greg faz uma retrospectiva da vida esportiva de Frost, desde sua motivação para entrar na equipe, seu estilo de vida e as angústias e motivos que a levaram a sair na busca de novos horizontes.

anna_frost_salomon_jordi_saragossa
© Jordi Saragossa

"Minha motivação inicial para se juntar à Salomon em 2009 foi uma viagem para o Nepal. Quem poderia resistir a isso? Era uma oportunidade incrível poder correr nos Himalaias e não pensei duas vezes! Acho que fazer planos não é uma característica minha. Além disso, quando nos prendemos a planos que são muito bem pensados, tenho certeza que deixamos passar muitas outras aventuras. Por isso você deve ser aberto para tudo e aproveitar as oportunidades quando elas aparecem. Eu converso bastante, me conecto com as pessoas e isso promove novas aventuras. É a riqueza dos encontros que mais influenciam minha carreira. Se juntar à Salomon foi uma porta inesperada que se abriu. É assim que eu vivo a vida. Não tive medo, apenas uma grande felicidade! Você sabe, esta carreira, eu nunca sonhei ou me preparei. Apenas aconteceu, foi uma boa coincidência. Eu tive sorte em ter as portas abertas."

Ainda de acordo com o texto, Anna desenvolveu em 2012 um desequilíbrio hormonal que levou a um complexo conjunto de problema físicos, incluindo fratura por estresse. E para uma atleta nunca é fácil conseguir aceitar o diagnóstico após anos de funcionamento perfeito e ser obrigada a diminuir o ritmo. Sem endereço fixo, Anna sempre viveu rodou o mundo livremente, determinando onde ficaria por algum tempo explorando o ambiente e concluindo sua estadia com alguma competição até partir para um novo local.

Mas sua recuperação não aconteceu como esperava e mais questionamentos começaram a aparecer sobre seu estilo de vida, sua condições físicas e sobre seu futuro. "Eu não sei quem eu sou", relatou Greg em seu texto sobre uma conversa com a atleta no escritório da Salomon em Annecy, onde estavam conversando sobre os objetivos de uma nova temporada. "Eu passei todos esses anos me transformando numa atleta. Hoje, eu sou uma corredora profissional. Mas uma corredora que não pode correr mais... O que devo fazer? Não sei mais onde morar. Pela primeira vez eu não tenho um plano e isso me assusta...".

Greg a fez mudar de assunto, falar de coisas além das corridas e perguntou sobre seus sonhos fora do esporte. Ele sabia que ela era muito criativa e sempre trazia pequenas coisas de lembranças da viagem como conchas, fitas e pérolas para fazer pequenas bijouterias. Sugeriu então que Anna começasse a vendê-las, aproveitando sua popularidade e mostrando um lado que ninguém conhecia.

Quando se permitiu descansar, Anna mostrou uma grande melhora. Seu projeto paralelo deu certo e suas coleções eram vendidas rapidamente quando postadas em seu site. Além disso ela foi incluida em projetos paralelos dentro da empresa, além de continuar como parque da equipe acompanhando outros atletas. Foi oferecida a ela a oportunidade de desenhar uma edição limitada de roupas de trail para mulheres e então passou a acompanhar a equipe de design e compradores de tecido da Salomon.

O entusiasmo foi tão grande que ela inclusive desenhou um vestido de festa! A Salomon ficou contente com o resultado e decidiu fabricar um protótipo e a Anna não imaginaria que o seu vestido se tornaria realidade.

Com toda essa experiência fora das trilhas, Anna passou a entender que sua vida e seu estilo de vida não dependem somente em estar correndo e que pode se dedicar a outros projetos.

Greg terminar seu texto agradecendo a atleta. "Obrigado Anna por tudo que trouxe ao esporte, pela alegria que compartilhou durante todos esse anos com a Salomon. Estamos todos felizes pelo período que estivemos com você. Você estará nos nossos corações e será parte da familia Salomon para sempre, porque você ajudou a escrever páginas de nosso estória."

Para ler o texto original em inglês, clique aqui.

redação
Por redação
18 Jan 2018 - 09h49 | geral | Trail Running
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente