Muita canoagem e estratégias diferentes no Dia 1 do Raid International Gaspésie

Por Redação - 13 Set 2014 - 04h31

A largada do Dia 1 do Raid International Gaspésie foi dados às 9h30 no Middle Camp, às margens do Rio Cascapédia. Após passar por 3 postos de controle na floresta próxima, as equipes remaram rio abaixo.

O dia foi cheio de grandes desafios como uma seção de cordas sobre o canyon do Rio Anger, cruzamento de rios, mountain bike em mata fechada e trilhas e muita canoagem.

Muitas estratégias diferentes foram adotadas para as diferentes situações a Yoga Slackers decidiu cruzar o Rio Cascapedia nadando pelo caminho mais curto, enquanto que a Young Bucks de Inukjuak, quando viram que seu apoio não estava na transição, seguiram em frente e fizeram um rasga-mato com suas botas de neoprene.

No início da canoagem final as equipes tiveram que descer o rio com as bicicletas dentro das canoas, mas os atletas tinham que buscar as embarcações na outra margem e novamente as diferentes estratégias foram aplicadas. Enquanto alguns cruzavam o rio a nado, outros procuraram por caminhos mais longos e que molharam apenas as pernas.

Um posto de controle urbano foi colocado dentro da cafeteria Village Depanneur e todo os atletas ganhavam uma bebida quente ou gelada, o que foi uma boa recarga de energia para alguns participantes.

E o espirito de companheirismo entre diferentes equipes aconteceu com a Team Costa Rica. Eles tiveram problemas com sua canoa canadense na última seção da prova e depois de muito tempo tentando tirá-la do fundo do rio presa a um tronco caído, foram ajudados pelos canadenses da Le Coureur Canada, que deixou o resultado de lado e parou para ajudá-los.

A Brou Aventuras acabou sendo penalizada no prólogo por não fazer a marcação de um dos postos de controle no passaporte e busca recuperar o tempo acrescentado para tentar chegar ao pódio. "Hoje foi um dia muito especial porque largamos com muitas horas atrás da galera e tomamos a decisão de fazer uma força incrível para tentar ficar em primeiro (na categoria) todos os dias e estamos aqui provando que é possível", disse Thiago Brou.

Ao final do dia todos ficaram acampado no Micmac Camp e tiveram oportunidade de assistir a um tradicional show e saborear um salmão defumado dentro de grandes troncos de madeira e temperado com Maple Syrup, forma utilizada por grupo étnico indígena do leste do Canadá (Micmac).

Na classificação geral, a melhor equipe latino americana está com a dupla Uruguai/EUA, Uruguay Ultrasports. "(A corrida) está muito boa, tem paisagens perfeitas para corridas de aventura, é possivel fazer mil corridas!", disse Ruben Manduré.

Após 2 dias de corrida, a equipe canadense Dynafit p/b XactNutrition segue no primeiro lugar geral do percurso de 300Km, seguida pelos franceses da Trails Endurance Mag e pela Team Mundial.

Nos 150Km, os italianos da Pedini-Iret mantiveram a liderança e são seguidas pelos locais da GalopeuXtreme e Chalebois-April, ambas canadenses.

Entre as equipes da América Latina, a classificação geral do prólogo+Dia 1 ficaram:

8º - Uruguay Ultrasports
11º - Team Costa Rica
13º - Enigma
15º - Marcantonio Mizuno Triamax XKRace
18º - Brou Aventuras

 

 

Serviço
Raid Gaspésie International 2014
10.09.2014
Baie-des-Chaleurs, Canadá ()
www.raidinternationalgaspesie.com
Redação
Por Redação
13 Set 2014 - 04h31 | geral |
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente