Corrida de Aventura

Serra do Espinhaço recebeu a final do Brasileiro de Corrida de Aventura 2016

Por Wladimir Togumi • quarta, 21 dezembro 2016 - 13:35

A Cachoeira do Tabuleiro, a maior de Minas Gerais e a terceiro do Brasil, foi o pano de fundo para a largada da Final do Campeonato Brasileiro de Corrida de Aventura 2016. Realizado em parceria entre a CBCA - Confederação Brasileira de Corrida de Aventura - e a Brou Aventuras, a prova teve percurso de aproximadamente 130 quilômetros e percorreu uma das mais belas paisagens brasileiras.

Para quem não conhecia a região, uma simples olhada rápida ao redor já dava uma idéia do que viria pela frente: muita subida. E o encontro de atletas de todo o país sempre traz um "gosto" diferente para esses eventos. O tempo curto entre a chegada no distrito de Tabuleiro e o briefing foi a oportunidade de cumprimentar velhos amigos, reviver estórias e ao mesmo tempo, conhecer gente nova que vai dar andamento ao esporte (assim esperamos!).

A preparação do mapa, arrumação de equipamentos e separação de comida tomou parte da noite dos participantes. Bicicletas, caixas, roupas e comida se espalhavam pelos quartos. Uma "bagunça organizada" que em poucas horas estaria em seus devidos lugares, prontos para a largada no dia seguinte.

O mirante da Cachoeira do Tabuleiro, com sua queda d'água de mais de 100 metros, foi o ponto de partida. O primeiro objetivo foi chegar aos pés da cachoeira e para isso havia diversas opções de caminho. Pequenos grupos se dividiram e sairam para lados diferentes. Os navegadores mais indecisos tiveram que pensar rápido e decidir qual grupo seguir.

O clima ficou agradável durante quase todo o dia. O céu nublado e a temperatura amena foi perfeito para os competidores. Apenas no alto da montanha em alguns momentos fez um pouco de frio e ameaçou chover, mas provavelmente não incomodou os atletas em movimento, que lutavam contra o tempo para passar do horário de corte. Muita montanha, seções exigente fisicamente e muitos pneus furados fizeram parte da expedição.

Entre os quartetos a Oskalunga / Oficina Multisport / BMS tomou a dianteira no começo da prova e seguiu à frente do pelotão até cruzar a linha de chegada na noite de sábado. Nas duplas, vitória dos catarinenses da Nossa Vida.

A algumas horas depois das primeiras equipes cruzar a linha de chegada, uma forte chuva começou a cair na região, complicando a vida das equipes que vinham mais atrás e obrigando a organização a cancelar a seção de canoagem por perigo de tromba d´água.

Vale destacar a participação de Diogo Malagon (Oskalung) e Laura Mira (QuasarLontra) que recém terminaram a temporada do XTERRA, evento que se dedicaram este ano, e ainda fizeram muita força na disputa desta Final do Brasileiro de Corrida de Aventura.

Veja a galeria de fotos completa na página do Adventuremag no Facebook (clique aqui)

Classificação parcial
Quartetos

1. Oskalunga / Oficina Multisport / BMS
2. QuasarLontra / Kailash
3. Competition Aroeira

Dupla Masculina
1. Nossa Vida
2. AT29 Multisports / Yaks

Dupla Mista
1. Curtlo Lobo Guará

 

Mais informações sobre o evento: www.cbcaventura.org.br

Por Wladimir Togumi
quarta, 21 dezembro 2016 - 13:35 | sudeste
publicidade
Desafio El Cainejo dá início ao circuito Alpinultras 2017
Em seguida acontecerá a Ultra Trail Valls ...
Como uma equipe de corrida de aventura se prepara tendo atletas em diferentes cidades
Integrantes da Saci-Aksa só se encontram nas provas. ...
Quebrando o gelo - Relato de Fredy Guerra no Indomit Mendoza 2017
UTIM80 - Indomit Ultra Trail Mendoza 2017 - Cordilheira dos ...
GODZone Adventure 2018 terá $50.000 de premiação em dinheiro
A GODZone Adventure, uma das maiores corridas de aventura do ...
Video | Salomon Ultra Running Academy 2017 - Dia 1
Veja abaixo uma compilação do primeiro dia da ...
publicidade
Sites Parceiros
RBCA
Ranking Brasileiro de
Corrida de Aventura
Digital Pictures
Fotografia
Trail Hunters
Portal Trail Running
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente