Rocky Spirit celebra quinta edição com 27 filmes inéditos

Por Redação - 29 Jul 2015 - 18h05
Outros

Em sua quinta edição, o festival de filmes outdoor Rocky Spirit está de volta para inspirar todos que apreciam a vida e o esporte ao ar livre. A organização traz 27 títulos inéditos, que terão como "sala" para exibição gratuita locais que são ícones das capitais paulista e fluminense. O Parque Villa-Lobos, em São Paulo, sedia o evento nos dias em 15 e 16 de agosto, e a Lagoa, coração da zona sul carioca, recebe o festival nos dias 5 e 6 de setembro. O telão de 150 m², com imagens em alta definição, é um show à parte.

Rocky Spirit

A expectativa de público para Rocky Spirit 2015 em São Paulo é de aproximadamente quinze mil pessoas, número quase quatro vezes maior que o da primeira edição. Entre as 22 produções internacionais – vindas da mais importante mostra do gênero, o Telluride Mountainfilm Festival dos EUA – e cinco nacionais, os destaques desse ano ficam com: "Above the Alley, Beneath the Sky", "Sufferfest 2", "The Fisherman's Son", e os brasileiros "Whiteout", "Em Busca de todas as Manhãs do Mundo" e "Espírito Livre".

A edição de 2015 contará com a banda Suricato abrindo as exibições nos dois dias da mostra em São Paulo. Já na Cidade Maravilhosa, o show fica por conta da Banda Devir, também nos dois dias. Além disso, o festival também terá a participação de Lawrence Wahba (Diretor de "Em busca de todas as manhãs do mundo") e Rafael Duarte (montanhista, diretor e protagonista do filme "Whiteout"), que estarão compartilhando suas experiências no Parque Villa-Lobos e, no Rio, quem confirmou presença foi Caio Afeto (slackliner e protagonista de "Espírito Livre") e Andrew Lenz (idealizador e coordenador do projeto de escalada na Rocinha retratado no filme "Above de Alley, Beneath Sky"), que levará ao evento alguns jovens participantes do projeto.

"Mais uma vez, o Rocky Spirit apresenta uma seleção dos melhores e mais recentes documentários sobre vida ao ar livre. Tem bike, surf, skate, montanhismo, slackline, meio ambiente, escalada... é uma verdadeira festa para os olhos e os sentidos. E o mais bacana é que exibimos esses filmes em uma estrutura inigualável, ao ar livre e de graça! É o único festival brasileiro que oferece isso. Nosso objetivo é inspirar e tocar o maior número de pessoas possível, porque acreditamos que o contato com a natureza tem o poder de transformar a vida de todos para melhor", comenta Andrea Estevam, diretora de conteúdo da Editora Rocky Mountain e curadora do festival.

O público das duas cidades já conhece o festival e vai preparado para curtir os filmes da melhor maneira possível. Mas, para facilitar, a organização disponibiliza uma cartilha com dicas para que a experiência seja perfeita. Como o festival é ao ar livre, roupas de inverno para se proteger do sereno, cadeiras de praia, cangas e lanches são itens recomendáveis para a plateia. O meio-ambiente também está na pauta da organização, que pede para que o público entre no espírito e traga utensílios reutilizáveis e fiquem atentos para não deixar lixo nos locais após a exibição.

 

Redação
Por Redação
29 Jul 2015 - 18h05 | sudeste | Outros
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente