Águas de São Pedro recebeu corrida de obstáculos Xtreme Race

Por Lilian Araujo - 24 Fev 2014 - 19h52

Acostumada a receber turistas, a maioria idosos, à procura de banhos termais em águas sulfurosas, a pequena Águas de São Pedro, no interior de São Paulo, teve um fim de semana um pouco diferente do costume. Ao receber a primeira etapa do ano da corrida de obstáculos Xtreme Race, a cidade ficou um tanto enlameada no último sábado, após a chegada dos mais de 280 atletas que concluíam a prova de 8 km.

A corrida de obst�¡culos foi um verdadeiro mix de p�ºblico e dificuldade
© Equipe João Mantovani

Ainda incipiente no País, a competição abre caminho para um novo esporte, que atrai adeptos de todas as idades e perfis físicos. Seja adolescente, adulto ou idoso, atletas ou iniciantes na prática esportiva divertiram-se como se agora pudessem extrapolar, de uma só vez, todos os "nãos" que os pais deles, no passado, podiam impor com medo de que os filhos se machucassem. Algo como se, em apenas oito quilômetros, finalmente realizassem todas as estripulias que, quando crianças, eram repreendidas com um "menino, desce daí porque você pode cair" ou "sai dessa lama, pra não ficar resfriado".

Enquanto uns podiam sentir a certa liberdade infantil, outros deixavam aflorar o espírito competitivo em busca do menor tempo e da travessia completa dos 16 obstáculos. Foi o caso dos vencedores da categoria geral, Marcos Apolo (31min17) e a bicampeã Conceição Oliveira (32min58).

Para os adeptos de treinamentos funcionais, como o cross fit, esse tipo de evento pode ser considerada uma verdadeira prova de fogo. Dentre as barreiras da Xtreme Race, havia ladeira de lama, transposição de pneus, rede de escalada, teia de aranha, travessia suspensa – a mais difícil, inclusive para os mais musculosos que vestiam com orgulho suas camisas de academias -, escalada em parede de madeira, barranco de grama e carregamento de peso.

Travessia suspensa, o obst�¡culo mais 
dif�­cil
© Equipe João Mantovani

Na contramão dos banhos termais relaxantes oferecidos pela cidade, completaram as opções saltos em valetas e o rastejamento em valas de lama. Molhados e enlameados, os competidores ainda fizeram uma travessia em bowl de skate, usando apenas a força do próprio corpo. De volta à à cidade, uma pilha de pneus era o último obstáculo antes da linha de chegada.

Em suma, a corrida de obstáculos foi um verdadeiro mix de público e dificuldade, que, em geral, agradou a todos. Alguns fecharam o percurso com vontade de mais obstáculos enquanto outros ficaram exaustos pelos 16 propostos. Cada um com sua superação individual, com a diversão garantida a todos.

A expectativa agora é para a próxima etapa, prevista para o dia 06 de abril, no parque aquático MagicCity, em Suzano (SP).

Serviço
Xtreme Race 2014 - 1ª etapa
22.02.2014
Águas de São Pedro (SP)
www.xtremerace.com.br
Lilian Araujo
Por Lilian Araujo
24 Fev 2014 - 19h52 | sudeste |
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente