Veja como foi a terceira edição do Paraty Multisport Spirit

Por Redação - 14 Nov 2012 - 19h14

Foi um final de semana cheio de atividades, começando com a Corrida de Montanha de 15 ou 30 quilômetros promovida pela Ecomotion. Duzentos atletas alinhados para uma grande disputa que percorreu as trilhas do fundo do Mamanguá e de Paraty Mirim, com grandes nomes do esporte disputando os primeiros lugares e a pemiação em dinheiro. A noite teve Rocky Spirit, oferecimento da Revista Go Outside e da MountainFilms in Telluride, com projeção de filmes de aventura na praça da Matriz, no Centro Histórico da cidade... uma atração a mais para o programa do final de semana relativamente chuvoso.

Mas no domingo, contrariando a previsão que apontava para 80% de chuva, o Sol iluminou os caminhos de todos os esportistas que compareceram para disputar a terceira edição do Paraty Multisport Spirit, que une canoagem, corrida de montanha e mountain bike em percursos pela natureza. Este ano a categoria Pró foi realizada pela primeira vez com 70km de aventura. A largada foi de corrida de montanha pelo Saco do Mamanguá, seguido de uma dura travessia de canoagem com 21 quilômetros de distancia.

Enquanto os Prós corriam e remavam desde as sete da manhã, os atletas da categoria Sport se preparavam para a largada na Praia do Pontal, próximo ao Centro Histórico da cidade. Depois de contornar uma ilha os atletas seguiram rio acima até o Parque Sport Aventura. De lá eles seguiram de bicicleta pela Estrada Real até a cota 400, passando por alguns trechos mistos de terra e single tracks.

Nesta etapa já se consolidava na liderança isolada o paulista Marcio Franco, conquistada no começo da forte subida pela Paraty-Cunha. A subida íngreme e o forte calor judiaram de todos, que depois de entregarem as bikes na transição desceram  a serra correndo pelas pedras do Caminho do Ouro, atravessando rios e vales até chegar a Fazenda Muricana, onde pegaram novamente as bikes. A corrida de 10 quilômetros é certamente o trecho mais técnico da prova, com diversos tipos de terreno, subidas longas em meio a cenários incríveis.

A prova da Pró se desenrolava ainda com a maior parte dos competidores no trecho da travessia oceânica e os lideres ultrapassando os últimos corredores da Sport. Liderando desde o final da primeira corrida o atleta brasiliense Lico Gall administrava sua vantagem sobre o paulista Rafael Melges e o mineiro Fredy Guerra.

De volta sobre as bicicletas o percurso seguiu por um downhill técnico. O ciclista Moisés Barbosa, de Paraty, jogou todas suas cartas no trecho que corta o quintal de sua casa mas não foi o suficiente para ultrapassar os líderes da Sport então formados por Márcio, a dupla Caraguatá e pelo trio de Mambucaba Aventura Alfa. O trecho de bike retornar ao Parque Sport Aventura, local onde haviam deixado os caiaques no começo da prova, a apenas quatro quilômetros para a conclusão da aventura.

Nas duplas os atletas remaram juntos e revezaram os trechos de corrida e bike. A dupla Caraguatá conseguiu finalmente ganhar a disputa geral ultrapassando Marcio Franco nos últimos quilômetros da canoagem, ficando este com o primeiro lugar da categoria Solo Sport. Nos trios cada atleta fez uma modalidade e foram os trios de Mambucaba que dominaram a disputa. Aventura Alfa e Bravo ficaram com o primeiro e segundo lugares, seguidos do Rei da Montanha / Mogi das Cruzes – SP.

Na Pró a história não foi diferente. Conforme previsto houve uma grande diferença de tempos de corrida e canoagem até que os atletas entrassem na segunda parte da prova (prova Sport), já na parte mais quente do dia. Os "radiadores ferveram" e levou a algumas desistências. Mas os guerreiros seguiram firmes e em frente até concluírem o desafio. O brasiliense Lico Oskalunga / IO Cookies / Pedacinho Pizzas / BMS arrematou o lugar mais alto do pódium e foi seguido por Rafael Melges, da Kailash, pela Bike Joe, única dupla a concluir a prova Pró, pela também brasiliense Tatiana Queiroz e finalmente o araxaense Fredy Guerra, da Equipe Tendência Outdoor.

Além do calor as dificuldades do percurso surpreendeu os participantes desavisados, mas fizeram da chegada um momento especial. A premiação foi feita no fim de tarde, na beira da praia, e o sorriso estampado nos rostos de todos deu a certeza de que o evento foi um sucesso.

O evento é realizado pela Espírito Livre Aventuras e conta com importantes apoios da Kailash, Sandubas, Neptunia Seguros, Restaurante Tempero Brasileiro, Padaria Integrale de Ubatuba, Bananinha Paraibuna, Ativa Rafting, Parque Sport Aventura, Adventuremag, Prefeitura de Paraty – Bombeiros, Capitania dos Portos.

Solo Pró
1. Frederico “Lico” Gall (DF) - 8h07min
2. Rafael Melges (SP) – 8h53min
3. Tatiana Queiroz (DF) – 9h22min
4. Fredy Guerra (MG) – 9h32min

Dupla Pró
1. Bike Joe (SP) – 9h18min

Solo Sport
1. Marcio Franco (SP) - 3h40min
2. Moisés Barbosa (Paraty - RJ) - 3h43min
3. Eduardo Marcolino (SP) – 3h57min

Solo Feminino
1. Lilia Godói (RJ) - 5h17min
2. Brisa Melcop (SP) - 5h36min
3. Flávia Gatti (SP) - 6h09min

Duplas Sport (Geral)
1. Caraguatá (Edneder Fernandes e Dante Costalonga / SP) - 3h38min
2. D Run Kailash (SP) - 4h14min
3.Padaria Ingrale (João Corbisier e Ariana Wang - 4h21min

Trios de Revezamento
1. Aventura Alfa (RJ) - 3h41min
2. Aventura Bravo (RJ) – 3h58min
3. O Rei da Montanha (SP) – 4h01min

Redação
Por Redação
14 Nov 2012 - 19h14 | sudeste |
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente