Ecomotion Volta do Cairuçu teve percurso técnico e variado

Por Lilian Araujo - 13 Nov 2012 - 08h21

O tempo nublado e as trilhas molhadas da tempestade do dia anterior foram temperos adicionais ao primeiro Ecomotion Volta do Cairuçu. Realizado neste fim de semana em Paraty (RJ), a corrida de montanha surpreendeu os participantes pelo percurso extremamente técnico e ao mesmo tempo variado. Os participantes da categoria de 15 quilômetros compartilharam o percurso com os da versão de 30 quilômetros por praias e trilhas, com bastante desnível tanto para cima quanto para baixo.

No 15º quilômetro, enquanto os atletas da prova menor comemoravam com água e frutas frescas cedidas pela organização, os demais seguiam diretamente para a segunda etapa. Alguns quilômetros praticamente planos e em estrada serviram para que os competidores pudessem tomar fôlego e "digerir" as frutas disponíveis a ambas as categorias. Uma nova, longa e íngreme subida colocou os atletas de volta às trilhas, desta vez rumo à chegada em Laranjeiras.

A prova contou com a participação de nomes de peso, inclusive das corridas de aventura. Na categoria feminina solo, Tessa Roorda foi a primeira colocada, seguida por Cristina Carvalho e Claudia Souto. No pódio masculino, Marco Farinazzo, José Virgílio e Frederico Gall correram lado a lado até por volta dos últimos cinco quilômetros, quando Farinazzo decidiu testar o limite dos adversários. "Colocamos um ritmo forte o tempo todo, mas ninguém tentou escapar. No quilômetro 25, resolvi testar e abri para ver se alguém iria me acompanhar. Como ninguém veio, pude manter o ritmo e acabei conquistando a vitória", comemorou o vencedor da classificação geral, com 3h03, Marco Farinazzo.

Farina, como é mais conhecido entre os corredores de aventura, prepara-se agora para viajar à China, onde participará, ainda em novembro, de uma corrida de 24 horas em uma pista de 400 metros. Convidado entre 37 competidores de todo o mundo, o atleta brasileiro será o único representante latino-americano na competição. Em janeiro, Farinazzo parte para tentar bater o próprio recorde, de 26h43, na Brazil 135 Ultramarathon, a etapa de montanhas da Copa do Mundo das ultramaratonas. "A prova foi bastante competitiva, porque cada vez mais os atletas estão se especializando em corridas de montanha. Como eu não vinha treinando para montanhas, achava que poderia não pegar pódio. No fim, deu tudo certo e ainda serviu de treino para a BR135. O visual das praias e montanhas de Paraty compensou o esforço", avalia o atleta.

Veja abaixo o depoimento de Marco Farinazzo logo após o Ecomotion Volta do Cairuçu 2012:

 

Mais informações: www.ecomotion.com.br

Lilian Araujo
Por Lilian Araujo
13 Nov 2012 - 08h21 | sudeste |
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente