XTERRA Estrada Real lotou cidade histórica com mais de três mil participantes

Por Redação - 02 Out 2012 - 12h46

A cidade histórica de Tiradentes foi palco do XTERRA Estrada Real, que terminou neste domingo, dia 30, com seis provas que emocionaram participantes e público. Neste domingo, 30, os mineiros Érika Gramiscelli e Thiago Aroeira venceram a desafiadora MTB Cup, prova de 47.5km.

No Sábado, dia 29, a cidade recebeu a tradicional prova de Duatlhon e o líder do Circuito XTERRA Brazil Tour, o paranaense Felipe Moletta, confirmou o favoritismo no maior evento offroad do país. No feminino a campeã foi a santista Luzia Bello. Na dura prova de Endurance 50km os vencedores foram Carlos Magno e Rosália Camargo.

"Foi muito legal e muito puxado os 45km. Passamos por lugares incríveis. Vim para baixar meus tempos de outros anos. Estou muito feliz com o resultado. Adoro estar aqui e é muito bom competir no meu estado. Gostaria de parabenizar a todos os atletas que vieram. Ver esse número de competidores impressiona, são quase 700 bikes. O XTERRA Tiradentes já virou tradição. Sem dúvida Minas Gerais é o berço do MTB e essa prova desbrava locais inexplorados", comemora a tetracampeã brasileira de MTB Érika Gramiscelli.

O XTERRA Estrada Real teve ainda a corrida Night Run de 18.9km, com vítória de Naval Freitas e Luzia Aluizio Mesquita. Já na distância de 7.5km, os vencedores foram Eberth da Silva Silvério e Tânia Aparecida Barbosa. Mantendo o sucesso de outras edições, a meninada não ficou de fora e a Kids Mini Corrida recebeu aproximadamente 500 pequenos para correr.

"O XTERRA já é um esporte. Começamos tímidos, a primeira etapa com 400 participantes, e hoje já são quase três mil pessoas. Um dos principais pilares do XTERRA é a natureza como protagonista. Em Tiradentes as trilhas são perfeitas, bem pedaláveis. Os trechos de corrida são maravilhosos, os atletas amam. Ficamos com todas as provas lotadas. O que resta é o sucesso. O turismo é um dos pilares do evento. Estamos com a cidade lotada e sem dúvida queremos voltar para Tiradentes", empolga-se Bernardo Fonseca, da X3M Sports Bussines, organizador do evento.

Mineiros de destacam na MTB Cup - Os mineiros se destacaram e mostraram que o estado é realmente a capital do MTB. A tetracampeã brasileira Érika Gramiscelli manteve a tradição do Xterra e terminou a prova em 1h46m58s. Letícia Amado chegou em seguida (1h57m27s) ) e Aline Lombello ficou em terceiro (2h02m27s).

Thiago Aroeira representou bem Juiz de Fora e seu estado e levou a melhor na prova de 47.5km com o tempo de 1h31m45s. Geraldo Rodrigues ficou em segundo (1h33m59s) e Felipe Moletta, que venceu o Duathlon no sábado, completou o pódio.

"Já venci outras etapas do MTB no XTERRA, mas nunca tinha conquistado uma vitória em Tiradentes. Estava muito bem hoje, consegui fazer um bom tempo e o clima ajudou. Aqui o circuito é bem difícil, não tem muito plano, mas a prova é muito boa", comentou Aroeira

Felipe Moletta e Luzia Bello vencem prova de Duathlon - Felipe Moletta terminou o percurso de 3km de corrida + 32 km de mountain bike + 9 km de corrida em 2h20m38s, enquanto Luzia fechou a prova em 3h04m21s. No masculino, Ernani Souza finalizou em segundo (2h25m52s) e o mineiro, Adriano Sachetto (2h28m23) fechou com a terceira colocação. Daniele Campos Machado e Márcia Matos foram a segunda e a terceira colocadas, respectivamente, no feminino.

"Me senti bem na corrida. Uma prova dura, muito cansativa, só subida, de nível altíssimo. Saí um pouquinho atrás na largada, no primeiro trecho de corrida, mas passei o Ernani no início da bike. Fiz muita força, pois sei que ele é um grande atleta, muito bom na corrida. Não sabia o quanto ele estava perto. O duathlon é uma competição que temos que dedicar 100% . Nessa prova deu tudo certo. Estou muito feliz, tive um ano muito bom", explica Felipe Moletta.

Prova de Endurance 50km agrada competidores - A prova mais dura, e inédita, no XTERRA Estrada Real, agradou os quase duzentos competidores, que desbravaram longos quilômetros na Serra de São José. Carlos Magno terminou a prova em 4h03m06s. O mineiro Péricles Vilaça, segundo colocado, cruzou a linha de chegada com o tempo de 4h06m01s. Moiss Felicidade ficou em terceiro (4h08m42s).

No feminino quem se destacou foi a carioca Rosália Camargo, com o tempo de 4h40m25s. Manu Vilaseca terminou em segundo (4h48m18s). Amanda Christina Lopes foi a terceira colocada (5h35m00s).

"Correr e ganhar um XTERRA é um privilégio que não tem preço. Estou muito feliz por poder competir e completar essa prova, uma das mais duras do Circuito XTERRA. A energia que a prova traz pra você é incrível e ajuda a superar as dores. É uma prova que exige demais, mas isso é muito bom", comentou Carlos Magno

Resultados:
Duathlon Profissional
Masculino

1 - Felipe Moletta - 2h20m38s
2 - Ernani de Souza - 2h25m52s
3 - Adriano Sachetto - 2h28m23
4 - Rogério Silva de Paula - 2h33m55s
5 - Frederico Carvalho Zacharias - 2h34m47

Feminino
1 - Luzia Bello - 3h04m21s
2 - Daniela Campos Machado - 3h18m01s
3 - Márcia Matos - 3h23m06s
4 - Marta Regina de Almeida - 3h30m32s
5 - Isabella Ribeiro - 3h30m55s

Endurance 50km
Masculino

1 - Carlos Magno da Cruz - 4h03m06s
2 - Péricles Vilaça - 4h06m01s
3 - Moiss Felicidade - 4h08m42s

Feminino
1 - Rosália de Camargo - 4h40m25s
2 - Manuela Vilaseca - 4h48m18s
3 - Amanda Christina Lopes - 5h35m00s

MTB Cup
Masculino

1 - Thiago Aroeira - 1h31m45s
2 - Geraldo Rodrigues da Silva - 1h33m59s
3 - Felipe Moletta - 1h35

Feminino
1 - Érika Gramiscelli - 1h46m58s
2 - Letícia Amado - 1h57m27s
3 - Aline Lombello - 2h02m27s

Redação
Por Redação
02 Out 2012 - 12h46 | sudeste |
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente