Calor intenso marcou a etapa Ibiúna do EMA MixTERRA 2012

Por Redação - 18 Set 2012 - 12h13

A cidade de Ibiúna, interior de São Paulo, recebeu nesse domingo na Fazenda Morros Verdes a primeira etapa do Circuito EMA MixTERRA 2012, organizada pela Expedição Mata Atlântica (EMA). A prova totalizou 35 km e teve a participação de 60 duplas – três femininas, 27 mistas e 30 masculinas. Sob sol forte e percurso extenuante, os 25 km de bike entre pedras e terra batida exigiram técnica e muita resistência dos atletas.

Pouco antes de chegar na transição, os atletas encaravam uma longa e íngreme subida onde a única opção era empurrar as bicicletas morro acima. O calor não dava trégua e como recompensa, no topo os atletas eram recebidos com isotônicos gelados GU. Muitos pararam alguns minutos para "resfriar o radiador".

Morro abaixo, um curto downhill levava os competidores de volta à arena para fazer a transição. O percurso teve ainda mais 10 km de corrida rústica em mata fechada, o que agradou aos competidores - que renovaram suas energias com um pouco de sombra e água fresca das cachoeiras. Mas os organizadores não aliviaram e os desníveis eram constantes, exigindo muita força nas pernas, como a trilha do Zig-Zag, que atravessava um grande vale.

A primeira equipe completou a prova em apenas 2h e 43min. Mediante imprevistos na paisagem exótica, como correntes das bikes estouradas, pneus furados e calor intenso, até às 17h o EMA MixTERRA teve duplas ultrapassando a linha de chegada.

A Equipe Lobo Guará, composta por Gabriela de Carvalho e Renata Simi, foi a vencedora na categoria feminina. Nas duplas mistas, com 3h 20min de prova, Cleiton Ferreira Santos e Luiza Cerqueira da Silva, Determinados Para Vencer, conquistaram o primeiro lugar. Já entre os homens, os vitoriosos foram André Cazian e Igor Patric, pela Xingu Pé de Cobra.

A premiação em dinheiro do Circuito EMA MixTERRA totaliza R$ 20 mil, mas as três primeiras duplas de cada categoria também foram presenteadas com a inscrição para a próxima etapa, em 25 de novembro, na cidade de Itu, interior de São Paulo. Os organizadores recompensaram a dupla “Limpinha” - que entregou o maior volume de embalagens e resíduos de lixo encontrados ao longo do trajeto. Daniel Uehara e Gerson Kunamoto, da equipe ABCD Bikers/Family Bike, recolheram ao longo da corrida 47 itens não biodegradáveis e faturaram kits da loja Mundo Terra.

"Após uma década sem organizar eventos outdoor, a Expedição Mata Atlântica volta com tudo pelo segundo ano consecutivo, provando mais uma vez que superação é sempre a meta a ser seguida. O trajeto ficou lindo. Misturamos trechos navegados e explorados em realizamos uma prova totalmente demarcada, facilitando o percurso. Com certeza para a final em Itu, prepararemos mais surpresas, com mais dificuldades e adrenalina. O melhor resultado é o atleta chegar no final feliz e isso foi unânime", conta Osmar Bambini, um dos integrantes do EMA

Mais informações: www.ema.com.br

Redação
Por Redação
18 Set 2012 - 12h13 | sudeste |
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente