2ª edição do Canada Man/Woman em Lac-Mégantic: um triatlon extremo excepcional

A região de lac-Mégantic será novamente o parque de diversões para os atletas extremos no domingo, 8 de julho, na segunda edição do Canada Man/Woman Extreme Triathlon.

Com 3.8 Km de natação no Lago Mégantic, 180 Km de ciclismo pela Route des Sommets, 42 Km de corrida em estrada e trilha e uma elevação de aproximadamente 4.000 metros, esse triatlon tem sido descrito com o mais intenso, o mais selvagem e o mais belo triatlon realizado na América do Norte.

Assim como ano passado, esse desafio de resistência de 226 Km terá largada antes do nascer do sol, às 04h00, quando os 338 participantes (175 solo e 163 em equipe) de aproximadamente 15 países partirão do Centre Sportif Mégantic, seguirão pela Marche du Vent e o lago. Eles terão 15 horas para chegar no Parc du Mont-Mégantic, onde farão ao ataque final de 8.5 Km até o observatório de Mont-Mégantic. O objetivo é alcançar as estrelas até meia-noite.

CANADA MAN/WOMAN é uma das sete corridas do XTRI WORLD TOUR, um circuito que leva os atletas ao seu limite. O XTRI WORLD TOUR inclui o Norseman, Celtman, Swissman, Alaskaman, Swedeman e Jánošík – Slovak.

Um novo campeão este ano
Como o inglês Chris Stirling, vencedor da edição 2018 em 11h8m24s, não estará presente este ano, um novo campeão será coroado. Todos os olhos estarão em Jérôme Bresson, atleta de Quebec que terminou em segundo lugar anos passado com 11h23m58s.

“Ano passado cometi alguns erros que me custaram muito,” recorda Bresson, “Tentarei me preocupar menos com os outros participantes este ano e adotarei uma atitude mais conservadora para gerenciar minha energia e chegar no último ataque me sentindo forte.”

“Sim, estou recebendo uma certa atenção devido ao segundo lugar ano passado, mas não estou colocando muita pressão sobre mim,” ele completa. “Estou focado em extender meus próprios limites. Quero conquistar o menor tempo possivel, dependendo das condições do dia. Se o clima for muito parecido com o que enfrentamos ano passado, ficaria muito mais satisfeito com um terceiro lugar com um menor tempo que uma vitória e maior tempo que 2017.”

Um triatlon extremo é a versão suprema de um triatlon de longa distância, sem estações de água ou ajuda ao longo do percurso. Os participantes devem completar a prova praticamente auto-suficiente, recebendo apenas ajudas de uns poucos assistentes.

“Canada Man/Woman é um desafio que leva os atletas para fora da zona de conforte. O percurso tem várias mudanças de elevação que força os atletas a controlar seu nivel de esforço,” disse o atleta de Quebec. “Temos que tomar decisões certeiras durante a corrida. Muita coisa pode acontecer em 11 horas!”

O resultado de 2017 garantiu a Jérôme Bressons a participação na edição 2018 da corrida principal da XTRI World Tour. A Norseman acontecerá na Noruega no dia 04 de agosto. “É corrida mítica e sou uma pessoa altamente competitiva. Meu objetivo, portanto, será fazer o melhor, apesar de chegar apenas alguns dias antes da corrida,” ele confidenciou, ” e para o Norseman temos que estar preparados para encarar inúmeros desafios.”

Comentários Facebook

Disqus

advmag