Mountain Bike

Circuito Grangiro terá percurso inédito na Serra das Hortênsias

Por Adventuremag em 24 agosto 2021
mm

O percurso das provas de ciclismo sempre gera expectativa entre os atletas inscritos. Quando o trajeto é em uma das serras mais bonitas do Brasil, a ansiedade aumenta ainda mais. E não será diferente para os participantes do Circuito Grangiro, evento promovido pela Effect Sport com patrocínio da Enel Distribuição Rio e da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro, via Lei de Incentivo do Estado. A etapa de ciclismo estrada, que acontece dia 29 de agosto na Serra das Hortênsias, Rio de Janeiro, promete surpreender a todos com um percurso inédito.  Os atletas interessados devem correr para garantir sua inscrição através do site oficial  – https://ilgrangiro.com/ – onde é possível conferir todas as medidas de segurança que serão implementadas pela organização do evento.

Pela primeira vez no Brasil, em uma prova de ciclismo, os participantes poderão percorrer a Serra das Hortênsias pelos dois lados. Com a largada em Teresópolis, os ciclistas vão subir em direção a Itaipava e voltam para o alto da serra em Teresópolis. “O percurso do Grangiro Serra das Hortênsias será desafiador na medida certa e muito agradável, com um visual lindo e incentivador para ciclistas de diferentes níveis”, afirma Maurício Motta – Capita, diretor técnico da prova.

Maurício ainda explica os principais desafios e dá dicas para quem vai encarar os 80km. “A minha principal dica é para os atletas dosarem a força.”, resume. Além do ineditismo do trajeto, o Circuito Grangiro Serra das Hortênsias terá toda a pista de competição fechada apenas para os atletas durante a prova, suporte neutro em ponto estratégico do percurso para auxiliar aqueles que precisem de pequenos reparos, como ajuste de marcha e troca de pneu, staff acompanhando o pelotão e hidratação a cada 6km e uma chegada especial. Como em muitas provas internacionais, o pórtico de chegada do trecho cronometrado será no alto da serra de Teresópolis. Os quilômetros finais serão em descida neutralizada até o Teresópolis Golf Club onde os atletas terão arena de recepção com toda infraestrutura como vestiário, estacionamento e bike park.

A estreia do circuito foi em abril, com a etapa MTB em Búzios, que proporcionou aos atletas participantes a experiência de uma prova com mar e montanha. Desta vez, os ciclistas sobem a serra para aproveitar uma programação que vai muito além das disputas sobre duas rodas. Sendo um evento carbono neutro comprometido com o planeta, o Grangiro vai promover a plantação de 500 mudas de árvores em áreas de reflorestamento da região de Teresópolis com o apoio da Prima Ambiental. O objetivo é compensar os gases de efeito estufa que serão gerados na etapa e ajudar no reflorestamento da Mata Atlântica, um dos biomas mais ameaçados do planeta. Na página de inscrição, os atletas também podem colaborar adicionando um valor simbólico para doar mais mudas à ação.

Estando alinhado com as metas de desenvolvimento sustentável da ONU, o evento sempre contempla ações socioambientais pensando também na geração de emprego e renda para a redução das desigualdades. Conectando grandes marcas a ONGs que atuam em áreas de vulnerabilidade social, o circuito busca criar novas oportunidades utilizando a força do esporte como plataforma de transformação.


Protocolos de segurança:

-Por determinação dos órgãos públicos, todos os atletas inscritos devem apresentar, na retirada do kit (que acontece no dia anterior à prova), o resultado de teste de covid-19 com resultado negativo. Ele deve ter sido realizado em até 72 horas antes do evento. Atletas que, por alguma razão, não apresentarem o resultado do teste negativo, ficarão impossibilitados de realizar a prova.

-Layout da arena para garantir mais espaçamento entre os atletas e menos cruzamentos;

-Eliminação dos espaços de convivência como estandes de marcas parceiras, área de convidados e tendas de assessorias;

-A largada será em ondas por categorias de faixa etária e com intervalos de 3 minutos, garantindo distanciamento entre os atletas;

-Delimitação de um número máximo de atletas dentro da arena ao mesmo tempo;

-Medição da temperatura de todos, staffs e participantes, na entrada principal da arena;

-Distribuição de máscaras descartáveis para todos os atletas e a obrigatoriedade do uso da máscara dentro da arena;

-Todo staff do evento com máscara e viseira de proteção, além de luvas (se necessário);

-Dispenser com álcool em gel nas entradas das diferentes áreas da arena;

-Staff destinado a evitar aglomerações na entrada da arena e na dispersão (pós-prova);

-Limpeza periódica de toda estrutura da arena;

-Disponibilização de lixeiras específicas para o descarte das máscaras, mantendo a preocupação com a coleta seletiva;

-Cada atleta será responsável por levar o seu próprio suporte de água e manuseá-lo nos pontos de hidratação do evento sem contato físico do staff;

-Divulgação dos resultados online, após o término da prova para evitar aglomeração;

-Contestação após o evento em local e hora a serem divulgados;

-Premiação reservada, para apenas os três primeiros colocados da categoria geral de cada prova;

-Divulgação de um comunicado prévio para staff e atletas informando as novas normas e os procedimentos.