segunda-feira, agosto 8

São Bento do Sapucaí pode ganhar reconhecimento como “Capital do Esporte Radical”

São Bento do Sapucaí pode ser oficialmente declarada “Capital do Esporte Radical”. O projeto de lei que autoriza a nomeação foi aprovado pelos deputados da Comissão de Constituição e Justiça da ALESP e já recebeu parecer favorável na Comissão de Assuntos Metropolitanos e Municipais.

Atendendo a pedidos para oficializar a cidade como destino turístico do esporte de aventura, a deputada estadual Leticia Aguiar (foto) apresentou o Projeto de Lei 396 / 2020 que declara o Município de São Bento do Sapucaí “Capital do Esporte Radical”.

Com trilhas, cachoeiras e escalada, São Bento do Sapucaí reúne todas as características para ser nomeada, e é uma boa opção para os turistas que buscam belas paisagens e esportes de aventura.

“Quem visita São Bento tem várias opções em todas as modalidades de esporte radical: corrida em montanha, escalada e mountain bike. Além disso a hospitalidade da população, que recebe os esportistas, transformou o Turismo de Aventura em sua principal atividade econômica no município”, declarou Leticia Aguiar.

O projeto de lei já publicado no Diário Oficial, foi aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação e seguiu para a CAMM – Comissão de Assuntos Metropolitanos e Municipais, a relatora na CAMM, deputada Maria Lúcia Amary, já encaminhou seu parecer favorável ao projeto, após votação na comissão, ele poderá ser votado em plenário e tornar-se lei.

Distante 175 quilômetros de São Paulo, São Bento do Sapucaí está localizada na Serra da Mantiqueira e além do esporte radical, se destaca também pela cultura quilombola e o Monumento Natural Estadual da Pedra do Baú.

A cidade já tem recebido uma série de competições e eventos radicais atraindo turistas de todo o mundo, e oferece uma série de roteiros turísticos.

Sobre o Autor