Mercado

[Pesquisa] Atividade física aumenta 88% durante o COVID-19 [Estudo com 12.913 pessoas]

Por Paul Ronto em 3 abril 2020
mm

O mundo está em crise por causa da pandemia do COVID-19. Entre bloqueios do governo, demissões, licenças, home-office, fechamento de escolas e paralisações de instalações esportivas, queríamos entender como esse vírus está afetando os hábitos de exercício das pessoas em todo o mundo.

Pesquisamos 12.913 participantes de 139 países entre 24 e 30 de março para coletar dados sobre como o Coronavírus mudou suas rotinas de atividade física. Surpreendentemente, as pessoas estão se exercitando com maior frequência do que antes da pandemia se tornar uma crise global.

Principais Resultados

– Pessoas que normalmente se exercitam até 1-2 vezes / semana aumentaram a atividade 88% em média
– Pessoas que normalmente se exercitam até 3 vezes / semana aumentaram a atividade 38% em média
– Pessoas que normalmente se exercitam 4 ou mais vezes por semana diminuíram a atividade em 14% em média

Alterações de hábitos de exercícios durante o COVID-19

Pedimos aos participantes que relatassem quantas vezes por semana eles normalmente se exercitavam ou praticavam esportes tanto antes do surto como depois do surto atingir uma escala global.

Para este estudo, definimos vários grupos dependendo da frequência semanal de exercícios.

– Atleta médio: 1-2 vezes por semana
– Atleta moderado: até 3 vezes por semana
– Atleta ávido: 4 ou mais vezes por semana

Surpreendentemente, atletas médios ou aqueles que normalmente se exercitam apenas 1-2 vezes por semana aumentaram sua frequência de exercícios em 88%, em média. Atletas moderados também aumentaram sua frequência em 38%, em média.

Atletas ávidos, aqueles que treinam mais de 4 vezes por semana, diminuíram sua frequência de exercícios em 14%, em média.

Abaixo, você pode ver mais detalhes de cada nível de atividade física. Aqueles que normalmente se exercitam apenas uma vez por semana aumentaram sua frequência de exercício em 156% para 2,56 vezes / semana.

As maiores reduções na frequência de exercícios foram observadas naquelas que normalmente se exercitam 5 ou 6 vezes por semana.

Buscando dados específicos

Uma tendência interessante foi a daqueles que apenas correm. A corrida continua sendo uma das atividades permitidas para quem está confinado na maioria dos lugares.

Novamente, a tendência segue parecida, com corredores que normalmente participam apenas uma ou duas vezes por semana, aumentando sua participação em 117%, em média. Aqueles que executavam até três vezes por semana, relataram um aumento de 55% em média.

Corredores ávidos (aqueles que correm mais de 4 vezes por semana) diminuíram seus esforços em 9%, em média, devido à crise do COVID-19.

Mais detalhadamente, você pode ver como cada grupo reagiu à pandemia. Os que estavam acostumados a correr menos, aumentavam mais seus esforços e os que costumavam correr frequentemente, diminuíam seus esforços.

Dados e metodologia

– Foram pesquisadas 12.913 participantes entre 24/3/2020 e 30/3/2020
– 139 países participaram da pesquisa
– A pesquisa foi realizada no site RunRepeat.com e disponível para todo o tráfego

Exercício durante a pandemia de COVID-19

Embora muitos lugares do mundo estejam sob ordens de ficar em casa, a maioria dessas ordens permite que as pessoas se exercitem fora. Correr e caminhar pela cidade ainda são ótimas opções. O RunRepeat ainda pode ajudá-lo a encontrar os tênis de corrida, tênis de estrada, calçados de treinamento ou tênis certos para garantir que essa crise não impeça que você se mantenha saudável.

O RunRepeat abrange mais do que apenas correr e treinar, se você estiver perto das trilhas, botas e sapatos podem ajudá-lo a permanecer ativo com segurança durante toda a pandemia de Corona.

Não deixe de conferir nossos estudos aprofundados sobre os esportes que amamos e aprender mais sobre o RunRepeat hoje.


Material publicado originalmente no RunRepeat (clique para ler a postagem original em inglês) e republicado com autorização do autor (tradução pelo Adventuremag).