Curso de Orientação – Parte II

1.3 COORDENADAS UTM

A sigla UTM vem da designação Projeção Universal Transversal de Mercator.

As coordenadas em UTM são representadas por duas dimensões. Estas dimensões são expressas como UTM (X / Y). A coordenada X é qualquer valor que representará uma linha vertical do mapa. A coordenada Y é qualquer valor que representará uma linha horizontal do mapa.

A Coordenada UTM tem como origem o Equador (considerado o valor 10000km para esta linha) e o Meridiano 45º West Greenwich (considerado o valor 500km para esta linha).

Os valores das coordenas são expressos em metro. Em algumas cartas, é usual não colocar os três últimos dígitos da coordenada, ou seja, ela passa a ter o valor expresso em quilômetro. Para saber a distância entre duas linhas verticais, ou duas linhas horizontais, basta subtrair uma coordenada da outra.

Qualquer ponto no mapa pode ser representado por uma coordenada UTM. Basta para isto encontrar o valor das coordenadas X e Y deste ponto. Para, a partir de coordenadas X / Y, encontrar um ponto no mapa, é só traçar a linha X e a linha Y. No cruzamento destas duas linhas se encontra o ponto desejado.

 

Exemplo:

Localizar no mapa o Posto de Controle (PC) que se encontra nas coordenada UTM (374595 /7375069).

 

Qual a coordenada UTM aproximada, do Tanque localizado na segunda quadrícula da esquerda para a direita e terceira de baixo para cima.

UTM ( ________________ / ________________ )

1.4 OUTRAS INFORMAÇÕES

1.4.1 Curvas de Nível

O mapa é uma representação em duas dimensões de uma realidade de três dimensões. No mapa, o que representa as variações de relevo existentes na natureza são as curvas de nível. A cota ou altitude de uma determinada curva de nível pode ser obtida através das cotas anotadas dentro de algumas delas. No nível do mar a cota de altitude é zero.

 

1.4.2 Sinais Convencionais

Todos os dados importantes encontrados na realidade são passados para uma mapa seguindo algumas representações. È desta maneira que se torna possível identificar acidentes geográficos e outros elementos como vegetação, estradas e limites. A convenção de sinais usualmente está grafada no mapa.

 

1.4.3 Direção em Graus (Azimute)

A direção em um mapa é usualmente indicada em graus. A divisão em graus segue a convenção matemática aprendida na escola, ou seja, uma circunferência que varia de 0º a 360º. O 0º, que coincide com o 360º, sempre se encontra na parte superior da circunferência (norte). Os valores aumentam no sentido horário. Na direção leste encontramos o 90º, na direção sul encontramos o 180º e na direção oeste encontramos o 270º.

 

Comentários Facebook

Disqus

advmag