Corrida de Aventura Relatos

Renascendo para as corridas de aventura

Por Gerson Ernesto Dos Santos

Há quinze anos atrás, fiz minha primeira corrida de aventura em Paranaguá, cidade onde moro. Era uma etapa do Paranaense organizada pelo Julio Camargo da Extremaventura e de lá para cá  foram várias histórias que certamente rendem um livro….(risos). Muitos quilômetros, muitas aventuras, muitas cidades, muitas vitórias (em todos os sentidos), com o amigo e parceiro Jefferson José Ozogoski, mas principalmente muitas amizades, pessoas maravilhosas que tive a oportunidade de conhecer.

Quinze anos depois, pela vontade do Criador, em razão de um acidente num treino, fiz minha reestreia no mesmo palco, na cidade onde moro, dessa vez pela segunda etapa do campeonato paranaense, organizada pelo Cmte Santa Ritta Adventure.

Do acidente
No dia 11.02.2018, um domingo, fui fazer um treino de bike e decidi fazer um percurso que conhecia bem. Era para ser um giro rápido no asfalto. A 5 km de casa, forcei, em pé, numa leve subida para manter a velocidade, depois de sentar e olhar o velocímetro, não lembro de mais nada.

Recobrei a consciência sentado no asfalto com pessoas, verdadeiros anjos, ao redor tentando me acalmar. Mas eu estava calmo, apenas queria entender o que tinha acontecido. O caminhão estava parado no acostamento há 10 minutos, afirma o motorista que não teve culpa alguma.

Graças ao bondoso DEUS tive uma nova chance. O capacete fez o seu trabalho e absorveu o impacto. Eu lembrava dos nomes dos amigos e seus telefones para avisar.

Resultado: 34 pontos, fratura na C7 e na primeira costela do lado esquerdo. Depois desse livramento divino, minha recuperação foi abençoada, graças ao Nosso Deus, minha esposa e as orações dos amigos.

Quatro meses depois, ossos consolidados, cabelos crescidos, pouco treino….(risos), mas uma vontade enorme de voltar ao nosso esporte. A reestreia não poderia ter sido melhor, com o impedimento do Jefferson Ozogovski – que organizou a prova em parceria com o Ricardo Poleto, dos Pamonhas e o David Jr – o Rafael Kruczeveski aceitou o convite e depois de uma prova pesada devido a chuva e o frio e muito disputada, subimos ao pódio.

Obrigado a Deus, minha família e amigos, pelas orações, apoio e incentivo, essa vitória dedico a vocês…..E a prova? Ah a prova, o relato do Paulinho Bruning e da Grasielle Setoyama dizem tudo….

Foi showwww. E eu digo amigos, não custa nada fazer, pelo menos uma vez ao dia, uma oração, agradecendo a Deus pela nossa vida.

Comentários Facebook

Disqus

advmag