Corrida de Aventura

Serra do Espinhaço recebeu a final do Brasileiro de Corrida de Aventura 2016

Por Wladimir Togumi • quarta, 21 dezembro 2016 - 13:35

A Cachoeira do Tabuleiro, a maior de Minas Gerais e a terceiro do Brasil, foi o pano de fundo para a largada da Final do Campeonato Brasileiro de Corrida de Aventura 2016. Realizado em parceria entre a CBCA - Confederação Brasileira de Corrida de Aventura - e a Brou Aventuras, a prova teve percurso de aproximadamente 130 quilômetros e percorreu uma das mais belas paisagens brasileiras.

Para quem não conhecia a região, uma simples olhada rápida ao redor já dava uma idéia do que viria pela frente: muita subida. E o encontro de atletas de todo o país sempre traz um "gosto" diferente para esses eventos. O tempo curto entre a chegada no distrito de Tabuleiro e o briefing foi a oportunidade de cumprimentar velhos amigos, reviver estórias e ao mesmo tempo, conhecer gente nova que vai dar andamento ao esporte (assim esperamos!).

A preparação do mapa, arrumação de equipamentos e separação de comida tomou parte da noite dos participantes. Bicicletas, caixas, roupas e comida se espalhavam pelos quartos. Uma "bagunça organizada" que em poucas horas estaria em seus devidos lugares, prontos para a largada no dia seguinte.

O mirante da Cachoeira do Tabuleiro, com sua queda d'água de mais de 100 metros, foi o ponto de partida. O primeiro objetivo foi chegar aos pés da cachoeira e para isso havia diversas opções de caminho. Pequenos grupos se dividiram e sairam para lados diferentes. Os navegadores mais indecisos tiveram que pensar rápido e decidir qual grupo seguir.

O clima ficou agradável durante quase todo o dia. O céu nublado e a temperatura amena foi perfeito para os competidores. Apenas no alto da montanha em alguns momentos fez um pouco de frio e ameaçou chover, mas provavelmente não incomodou os atletas em movimento, que lutavam contra o tempo para passar do horário de corte. Muita montanha, seções exigente fisicamente e muitos pneus furados fizeram parte da expedição.

Entre os quartetos a Oskalunga / Oficina Multisport / BMS tomou a dianteira no começo da prova e seguiu à frente do pelotão até cruzar a linha de chegada na noite de sábado. Nas duplas, vitória dos catarinenses da Nossa Vida.

A algumas horas depois das primeiras equipes cruzar a linha de chegada, uma forte chuva começou a cair na região, complicando a vida das equipes que vinham mais atrás e obrigando a organização a cancelar a seção de canoagem por perigo de tromba d´água.

Vale destacar a participação de Diogo Malagon (Oskalung) e Laura Mira (QuasarLontra) que recém terminaram a temporada do XTERRA, evento que se dedicaram este ano, e ainda fizeram muita força na disputa desta Final do Brasileiro de Corrida de Aventura.

Veja a galeria de fotos completa na página do Adventuremag no Facebook (clique aqui)

Classificação parcial
Quartetos

1. Oskalunga / Oficina Multisport / BMS
2. QuasarLontra / Kailash
3. Competition Aroeira

Dupla Masculina
1. Nossa Vida
2. AT29 Multisports / Yaks

Dupla Mista
1. Curtlo Lobo Guará

 

Mais informações sobre o evento: www.cbcaventura.org.br

Por Wladimir Togumi
quarta, 21 dezembro 2016 - 13:35 | sudeste
Sites Parceiros
RBCA
Ranking Brasileiro de
Corrida de Aventura
Digital Pictures
Fotografia
Trail Hunters
Portal Trail Running
Cadastro
Cadastre seu email e receba as noticias automaticamente no seu email diariamente